Tudo que há cor chama a atenção, tudo que possui  cor é movido por ela, onde existe cor existe vida, há inspiração.A cor cria mistura, leva a arte a novos patamares, realça a mensagem que o artista deseja retratar.Saber escolher a posição da cor é essencial, pois toda cor tem seu espaço, semelhante e conjunto.

Mas o que observo é que quando falamos em preto e branco, duas cores apenas, cores preta e  branca  unidas, parecem que se transforam em incolor para muitos.A união dessas suas cores é colorida! Nossos olhos não sentem falta da cor porque mesmo com essa famosa junção elas existem.Esses elementos que parecem ser opostos trazem a arte uma uma forma bruta de beleza.O artista que move apenas com essas suas cores, tem um grande desafio em suas mãos, para trabalhar com esses dois pontos aversos um ao outro, pois não há preenchimento de cor, mas há forma de posição.

Preto não é branco nem branco é preto, cada uma das cores tem seu lugar,cada uma delas tem sua função. O preto é a junção de tudo o branco é o inicio. Nessa distinção possui a inovação, mesmo sendo visto de forma “negativa” essa forma de arte não deixa de ser colorida. Pensamento sem nexo categórico do Regra : “Homenagem do Regra ao P&B, fundo branco e letra preta”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Felipe Pedroso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: