Coluna Lira| Vás

Marina Wisnik… Informação curiosa é que desde seus 13 anos, ela adora palíndromos… Aquelas frases que se pode ler tanto de frente para trás, quanto de trás para frente, porém, não são frases vãs, são poéticas…

Escritora, atriz e cantora Marina Wisnik começou a cantar quando começou a compor. Encontrando na criação de melodias, harmonias e letras seu meio de expressão. Assim, encontrou-se a si mesma.

Foi aos poucos, produzindo, organizando e amadurecendo o que desencadearia em seu primeiro álbum “Na rua agora” em 2012.

Seu segundo álbum “Vás” está repleto de simples e belas melodias aéreas, na qual faz-nos voar, viajando nas suas palavras. Vás é como se fosse um som que se move, que tem fluxo, certo tipo de movimento… Um voo.

Transmutações tanto no sentido da vida quanto no processo criativo. O poder de transmutar da vida e da arte. A palavra Vás está deslocada na música “Para o nada”. O certo pela gramática seria ‘vades’ ou ‘ides’. Mas a poesia é o lugar onde a gente é livre, pode recriar a gramática, relacionando sentido e forma. Vás é o voo, o rasgo, a rota, o fluxo. É ar, som e coisa em movimento. Diz Marina.

“Quando ouvi as composições de Marina, percebendo sua poética e suas construções melódicas, logo me ofereci para participar daquilo que ela estava fazendo. Como compositora Marina é singular tem personalidade forte, inteligência e uma poética própria. Ela trabalha com um espelhamento e imagens invertidas, além de melodias sinceras. Me orgulho de trabalhar com ela”, afirma Marcelo Jeneci, que participa do disco.

Voe e vás.

Livro de palíndromos “SÓS” de Marina.

marina wisnik_palindromos 6 marina wisnik_palindromos 9 marina wisnik_palindromos 16 marina wisnik_palindromos 21

 

Marina Wisnik – Página Facebook – SiteBlog

Agnes DaguettiTumblr

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: