Coluna Théatron | Receita de Curitibana comédia erótica com direção de João Luiz Fiani

unnamed (1)O Vampiro de Curitiba dizia Vinícius de Moraes em Receita de Mulher: “as muito feias que me perdoem mas beleza é fundamental”. Em resposta diz Dalton Trevisan em Receita de Curitiba: “o poeta bem me perdoe beleza não é fundamental”.

Dalton Trevisan é notadamente conhecido pelas misérias morais de Curitiba, a presença do grotesco, do sádico e do macabro. Nada de lirismo. Esta peça trás um Dalton bem “assanhado”. As histórias são protagonizadas pelos mais variados personagens. O professor e a aluna, noiva, o tio, a ninfeta transitam pelas paisagens de curitiba, mas poderiam estar nas praças, casas, hotéis e escolas de qualquer cidade. Uma perspicaz observação do cotidiano, carregada de provocação e erotismo – João Luis Fiani.

O mais delicioso desse espetáculo, é a forma de real e verdadeira com  que é tratado o assunto sexo, que geralmente tem vários tabus, mas essa peça prova que é passado!

As apresentações sextas, sábados e domingos – 21h / Teatro Lala – Curitiba-PR.

Antonio Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s