Documentário te convida a caminhar pela tragédia de Mariana

A cidadezinha de Mariana-MG, tinha cerca de 58 mil habitantes, a economia local vinha principalmente do turismo e da extração de minérios. A cidade fundada no século XVII foi a primeira vila, cidade e capital do estado de Minas Gerais. O seu PIB estava entre os 10 maiores do estado. Um dos distritos de Mariana era Bento Rodrigos, que ficava localizado a 35 km de distância do centro da cidade. Mas no dia 05 de novembro de 2015 tudo isso se tornou apenas uma memória. O distrito foi devastado por um mar de rejeitos de minérios que vazaram das barragens da Samarco, mineradora cujos donos são a Vale a anglo-australiana BHP. E foi para contar como ficou a vida dos sobreviventes da tragédia que o cineasta Tadeu Jungle produziu um curta-metragem chamado Rio de Lama.

Usando de uma tecnologia ainda recente no país, o documentário foi gravado em 360 graus, e usa da realidade virtual para exibir os relatos dos moradores de Bento Rodrigues. O documentário que dura menos de dez minutos  traz a história de vida, como era antes e depois da tragédia. Assisti-lo é como caminhar no distrito, como pisar no naquela lama. Ouvir os relatos dos moradores é como viver aquele dia, com toda a tristeza e revolta que ele traz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s