Amores únicos

Peço perdão desde já pelo sumiço, mas é que eu precisava de um tempo pra mim só pra mim. Sabe, daqueles que servem para (tentar) colocar tudo no lugar que (te) fazem esquecer das atrocidades que a vida causou nesse meio tempo. Sim eu precisava respirar vi(ver), talvez fosse só disso que eu realmente precisasse. E eu precisei e tive e aproveitei. Aproveitei como se não soubesse se haveria o amanhã para mim, talvez não houvesse mesmo e aí eu iria chorar lamentar me-de-bu-lhar por não ter feito o que era pra ter sido feito. Mas eu fiz e fiz e não foi pouco. Dormi acordei observei trabalhei tentei escrever não não deu. Até por isso que peço perdão desde já pelo sumiço.

Eu não queria mas quem queria? Ninguém queria eu também não queria. Fui invadida roubada despercebida. Pela polícia? Também mas também pela rua pela casa pelo olhar de quem quero tanto bem. Porque eu quero eu quero sim. Quero o bem teu meu nosso meu bem. Quero eu você nós dois juntos num mesmo lugar ocupando o mesmo espaço e foda-se-a-lei-de-newton dois corpos ocupam o mesmo lugar sim senhor. Dois corpos não só ocupam o mesmo lugar mas também como a vida como o corpo. O meu corpo que hoje já não sei se é só meu mas também teu. O teu corpo que hoje já é meu me faz perder as estribeiras me faz estremecer me torna única me faz enrijecer. Você que já não sabe o que sinto pois te digo agora eu te amo eu te adoro meu amor. E assim como o Tim eu também fiquei te esperando a semana inteira pra te ver sorrindo pra te ver cantando. Eu não sei bem o que sou o que era ou o que fui. Tudo o que me transformei tem dedo teu aí no meio e olha que pela pri-mei-ra-vez não era dedo podre.

Não sei bem o que dizer eu só sinto e sinto bem. Sinto muito sinto demais eu até já disse que sinto muito por quem não tem nada pra sentir. Eu sinto por mim sinto por ti sinto por nós e sinto muito também por não podermos ficar a sós. Sinto por não te ter por não poder te esquecer eu sinto também pela falta de você. Não é justo assim como a vida também não é. Eu corri me precavi fiz juras de amor pra tentar ao menos conseguir. Mas não não nada deu certo por Deus pedi tanto por-que-nada-dá-certo? Calma respira viva chora se derrama. Está tudo ok tudo vai passar tudo sempre passa sh sh sh. Já acabou viu só?, o amor nem começou e já terminou. É assim às vezes não é mais, aprenda a lidar com as rasteiras da vida veja o que há de belo agradeça pelo que tem e pelo que não tem também. Já pensou se você tivesse com aquele serzinho malfeito feito sem jeito sem dente sem nada?, tudo estaria pior a-cre-di-ta-em-mim.

Acredita em mim acredita mais em você acredita nele também por que não? Acredita em todo mundo acredita no amor tudo vai passar, sh sh sh. Veja bem meu bem eu não sou ninguém sem alguém mas com alguém permaneço ninguém então o que fazer? O que fazer com todas aquelas coisas que pensei mas não tive coragem de te dizer? Vem vem cá isso vem. Agora escuta aqui está todo o meu amor pra você guarda bem tá? Guarda que quem sabe um dia eu venha buscar e usar e amar me apaixonar por alguém como você. Sim meu bem você que há tanto me admira me fascina me faz viva me torna discípula desse jogo absurdo que criou. Você que me pega me beija me goza me lambuza. Me chama de tua enquanto eu te chamo de meu amor.

O meu amor é único porque ele já não é mais meu nem seu ele é nosso assim como nossos corpos. Unidos suados melecados extasiados até o fim da noite. Ao menos dessa noite. Da nossa noite.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s