Fecha-se um ciclo, abre-se um sorriso

Hoje o dia amanheceu cinza, como todos os últimos três. Mas ele está menos frio, mais aconchegante, com um novo ar. Não sabia mais qual era a sensação de acordar sem preocupação alguma, sem precisar correr atrás disso ou daquilo. Ela é boa, isso eu posso afirmar. Ou melhor, reafirmar. Reconhecer, reviver.

Um ciclo se concluiu e uma nova etapa está começando. Eu espero que esteja, eu até quero que esteja. Não posso permanecer mais onde estou, preciso criar asas, voar, sair desse lugar e conhecer tantos outros que existem nesse mundo. Hoje o dia está tranquilo, sem chuvisco, sem choro, sem pretensão.

Vivo como se o amanhã ainda me permitisse uma nova chance, um novo aprendizado. Mas a bem da verdade é que do amanhã nunca se sabe. Preciso reconhecer que é preciso viver cada dia como se fosse o último. É preciso acordar, agradecer, tentar e ir. Tudo o que se inicia, tem data e hora pra acabar. Por mais que permaneça viva a lembrança, a vontade e a cobrança, tudo um dia vai demandar uma despedida.

Não é fácil encarar as coisas como são, mas é necessário aprender com cada uma delas para que lá na frente eu consiga conviver em paz. Assim, do jeito que estou agora. Novos desafios estão prestes a bater em minha porta, em minhas costas. E eu sei que está tudo bem, que eu sou capaz. Aprendi a não ser dependente, se quero algo vou lá e faço. Vou lá e faço. Lá. Faço.

O dia está cinza, menos frio e me convidando a dançar junto com as horas que estão passando. Uma atrás da outra. Não há muitas opções. Ou eu aceito ou eu finjo que nada acontece, mas eu sei que tem algo acontecendo, é preciso agir e fazer algo. Eu preciso tentar, ir atrás, ver no que vai dar. Esperem por mim, eu já chego e alcanço vocês. Não corram muito, preciso de suas amizades. Assim como preciso de outras tantas mais, que se foram e que voltarão. Eu sei que vão, eu sei quem são.

Hoje o dia está cinza, menos frio, mais aconchegante. O meu interior está tão cheio de alegria, de vontade, de esperança. São novas visões se apoderando, novas ideias, novas propostas. É uma nova vontade de viver, de reviver, recomeçar. São novas sensações, novos desafios, novos sorrisos. É tudo novo o que vem por aí. É tudo novo.

O dia pode até estar cinza, mas a tranquilidade que carrego comigo agora já não influencia tanto mais na perspectiva. Na realidade, com essa perspectiva, eu sei que posso ir muito mais além. É tudo mérito meu, tudo conquistado. Desde o sono perdido até os abraços.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s