Preserve o que há de melhor em você mesmo

Não conte a ninguém o que você tem em mente. É isso mesmo, não conte. As pessoas, quando sabem o que você quer, pensa, sente ou deseja, dão um jeito de te dizer que tudo isso é errado, que não vale a pena. É claro que essa premissa não é válida para todas, mas sim para uma boa parcela delas. Já cansei de ter sonhos jogados no lixo ou ver minhas esperanças esvaindo-se por entre meus dedos por apenas ter comentado algo que tinha em mente. De tantas vezes que vi isso acontecer, aprendi a me calar. Infelizmente não deveria ser o certo, mas do jeito que as coisas estão, é o mais aceitável a se fazer.

Não compartilhe dos seus sonhos com quem você mal conhece. É sério. De tanto acreditar no lado bom de todas as pessoas, acabei topando com muitos lados ruins por aí. E doeu, como doeu. Ainda não consigo assimilar como pode existir tanta gente cruel e incapaz de querer o bem junto com você. Eu sei que o mundo não é cor de rosa e que nem todo mundo pensa da mesma forma que eu, mas você não irá concordar comigo caso eu diga que o mundo seria bem melhor se fosse feito assim? Pois então.

Não comente sobre os seus pensamentos mais obscuros. É certo que todo mundo os tem, mas não comente. No meio de uma sociedade como a nossa atual, é capaz de te taxarem como alguém problemático, louco ou qualquer coisa do gênero. Eles podem ser isso aí também, mas ai de quem proferir loucuras aos ouvidos deles. Quem não tem domínio sobre os próprios pensamentos não merece estar entre os normais – se é que isso existe realmente. Afinal, o que é normal? O que seria ser alguém normal? Eu não sei, gostaria de entender.

Não espalhe por aí planos que você possui para os próximos dias, meses ou anos. Não espalhe, porque sempre terá alguém prestando atenção nos teus passos e fazendo o possível para impedi-los. Talvez encarar as coisas dessa forma seja um pouco intenso demais, mas é assim que elas são. Tem gente que não está nem aí para você, muito menos para o que você pretende fazer. E aí, quando você espalha que quer fazer algo que outra pessoa também quer, tudo desanda. As coisas não vão pra frente, uma maré de azar parece vir de encontro a você. Mas não é porque você não merece algo, entende? É porque alguém que nem tem tanto contato assim com você está emanando energia negativa a tudo isso que você tem vontade de conquistar.

Então, assim, não conta nada, tá? Amadureça a ideia, trabalhe nela, faça por merecer. Aí, quando você ver que o negócio fluiu – e continuará assim -, você conta pra quem quiser. É sério. Saber guardar um segredo é apenas para os fortes e confesso que por muito tempo não me via como tal. Mas depois de levar diversos tombos por conta de que algumas pessoas não souberam lidar com o meu crescimento, aprendi a segurar a euforia dentro de mim. É difícil, não vou mentir. Mas é melhor se esforçar nesse início do que não ter mais forças para se levantar lá no fim.

Advertisements

2 comments

  1. Foda. Sabe que eu ainda não aprendi a fazer isso? E tento! Ahhhh como tento. O mais incrível é que consigo guardar segredos, mas se eu der uma espirrada mais forte já preciso contar pra alguém, planos então? A ideia surgiu na cabeça já aciono as 5 pessoas mais próximas, hahaha. Sempre que me falam assuntos desse tipo eu lembro das palavras da Luiza Trajano, minha bem-me-quer inspiradora. Quando puder, assiste aí: https://www.youtube.com/watch?v=bew5KzrV-7w E se já assistiu veja novamente, rs ❤

    • Eu to custando a aprender também, fico ansiosa demais pra saber se as pessoas vão achar tão massa a minha ideia quanto eu achei. Mas aos pouquinhos to percebendo que se eu não contar, a chance de dar certo é muito maior.

      Sobre o vídeo da Luiza: só amor. Baita inspiração. ❤

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s