Ainda existe muita gente legal para conhecer

perks
Por vezes, uma nova amizade é tudo o que nossa vida precisa para mudar o rumo

Inspiração para dias melhores:
Chega um certo momento que você tem que parar e refletir sobre quem você se tornou e ao lado de quem você tem passado a maior parte da sua vida.
Quando saio com meus amigos, sou daqueles caras que ficam observando tudo a minha volta e sempre me impressiono com aquele gigantesco mar de gente. São muitas pessoas, todas falando, rindo, se divertindo. Pessoas incríveis, com inúmeros potenciais, porém muitas vezes vazias.

A minha intenção não é apontar o dedo e julgar os defeitos delas, mas reconhecer que de repente as panelinhas têm ficado tão vazias e sem conteúdo. É como se aquelas pessoas tivessem bebido da mesma bebida e todas estivessem vivendo os mesmos efeitos, falando sem parar sobre assuntos não muito importantes e com algumas brincadeiras nada engraçadas – brincadeiras que só tem graça se você estiver sobre o efeito daquela bebida. Todas seguindo os mesmos padrões de se vestir, de se comportar, tirando as mesmas selfies. Isso me lembra um pouco aqueles episódios de Black Mirror.

Talvez eu seja um cara chato, talvez o erro esteja em mim, por não me interessar por esse tipo de vida. Minhas conversas aleatórias, ideias e sonhos são diferentes. Gosto de compartilhar conhecimentos com gente que pensa fora da caixa.
As vezes é preciso encontrar novos grupos com novas ideias, conhecer novas histórias, gente como a gente, novas inspirações. E é sempre nessas horas que encontro almas como a minha, se sentindo perdidas entre alguns grupos, e quase sempre surge uma amizade verdadeira desse encontro.

Também sei que sou um rapaz muito sociável, adoro conhecer gente nova e colecionar amizades, tanto que algumas vezes penso que sou aquele velhinho simpático da fila do pão que adora fazer novas amizades, a diferença é que sou esse velhinho com apenas 24 anos de idade.
É quase impossível para mim, ir ao cinema ou ao supermercado sem ter uma breve conversa com alguém e conhecer uma breve história da vida dela. E isso me faz tão bem, me sinto vivo. Sempre me avalio para ter certeza que não estou sendo muito invasivo ou o cara chato e falante da fila. Porém noto na reação das outras pessoas que elas gostam de falar das suas vidas.

Sinto que está na hora de deixarmos os nossos medos e nossos julgamentos de lado, e aproveitar a vida na companhia de gente linda, ao lado daquelas pessoas que brilham de dentro para fora. Estamos todos de alguma forma perdidos na vida e, pouco a pouco, nos encontramos, seja em uma festa, em um encontro de suculentas do facebook ou uma pedalada no final da tarde. O que verdadeiramente importa é que estejamos sempre de coração aberto para que novas pessoas e suas histórias sejam compartilhadas com as nossas vidas e tornem-se também novas belas histórias.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s