Eu queria poder te ajudar

Começo esse texto apenas com verdades: sim, eu queria poder te ajudar. Utilizo o verbo no passado pelo fato de saber que talvez você nunca me dê abertura o suficiente para eu ao menos tentar entender o que se passa aí dentro. Eu sei que não é fácil lidar com sentimentos esquisitos e que te fazem se sentir a pior pessoa do mundo. Eu sei também que você acha que nunca vai dar nada certo na sua vida porque, sei lá, você foi predestinado a sofrer e encarar as piores consequências possíveis. Sim, eu sei que esse lance de gostar e não ser correspondido é algo cruel. Aliás, você pode achar que não, mas eu sei uma coisa a mais ainda: que as crises vêm e às vezes demoram pra passar. E é até por isso que eu queria poder entrar e ficar. Nem que fosse só pra te mostrar que você sempre terá alguém ao seu lado, sabe como?

Eu to tentando não insistir em algo que sei que não vale a pena, mas veja bem a minha situação. Veja o quanto é injusto eu ter que ver você, dia após dia, se mutilando por algo que nem condiz à sua pessoa. Não é a toa que a gente acaba deixando pra lá algumas pessoas que queremos bem, né? Entende agora que não é porque a gente quer, mas porque a gente precisa se distanciar de certas coisas? Eu não queria me distanciar de você, mas você meio que já fez isso sem eu pedir. Eu só pude aceitar, chega uma hora em que dá pra perceber que você não é mais bem vindo em um lugar. Então não vale me culpar por não estar junto contigo, ok? Porque eu até tentei, mas você fechou a porta antes mesmo de eu bater.

Sinto falta do seu sorriso e das suas piadas sem graça, mas eu acabo suprindo sempre em vídeos sem graça da internet. Eu finjo que foi você quem me mandou. Uma hora ou outra eu esqueço disso tudo e continuo tocando a minha vida em frente. Exatamente do jeito que já estou fazendo. Não é fácil, mas ninguém disse que seria. Crescer não é fácil, trabalhar com a mesma coisa todos os dias também não é. Várias coisas compõem a sua rotina e muitas delas​ você gostaria que não existissem. Normal, a vida é assim, ela faz com que a gente pense que não temos mais nada a perder – mas a gente sempre tem, nem que seja a hora.

Assim como comecei o texto com verdades, gostaria de terminá-lo dessa maneira também. Então aproveito pra dizer que a saudade tá doendo, mas já não é tanto assim quanto umas semanas atrás. Percebi que pra gente ter felicidade numa relação, é preciso que as duas partes queiram isso. E, infelizmente, da sua eu não vejo isso. Então fique aí com suas lamentações e esse seu jeito estranho de ser, eu já não quero me desgastar tanto com quem não quer ser ajudado. Porque é exatamente isso que está acontecendo: você não quer. E de verdade, tudo bem. Aprendi a dedicar o meu tempo apenas a quem se interessa pelo que tenho a oferecer. Você não se interessou e a vida aconteceu.

Eu ainda continuo querendo te ajudar. Só que, quando você quiser ser ajudado, talvez seja tarde demais. E aí não vou poder fazer mais nada, apenas torcer para que seja feliz – coisa que no momento você está sabotando.

E isso não é legal.
Nunca foi.
Nunca será.

Advertisements

2 comments

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s