A cidade engolidora de gente 

De cima tudo parece pequeno, insignificante. Ao mesmo tempo um sentimento controverso toma conta do peito: estou acima do mundo, vejo tudo e de lá ninguém me vê. O azul mergulha no branco. Você se movimenta a milhares de quilômetros por minuto, mas a sensação é de estar parado. Parado no céu, enquanto a Terra gira abaixo dos seus pés.

Uma voz sai dos auto-falantes, é hora de descer ao encontro da realidade. O avião começa a deslizar escorregador abaixo. A cidade começa a deixar de ser apenas uma sujeira e  passa a mover-se, contorcer-se e agigantar-se. Próximo ao solo você percebe que o jogo virou, você não está mais acima, não é maior que nada, pelo contrário. O asfalto atrai a aeronave como a paixão atrai o sorriso. Ele aterriza e você vê os prédios, imponentes, poderosos. Grandes. Maiores que seus sonhos, seus medos e suas glórias. Eles estão ali engolindo mais pessoas do que você já conheceu em toda sua vida.

Vidas inteiras habitam esses prédios e voam ou descem sem meios de transporte, direto para seus destinos do além túmulo. Você está cercado por essa floresta de pedras. Ela te  vigia, te julga, te castiga. Ao desembarcar você vai logo sendo empurrado pelos transeuntes. Você não tem mais autonomia. Você vai pra onde aquela massa de gente engravatada quer que você vá. Se tiver sorte um dos seus pés encostarão no chão, e com isso você se esforçará para colocar o outro e rastejará as solas dos pés até o local desejado. Que seja a outra sala de embarque depois da escada rolante igualmente lotada, ou a saída direto para dentro da boca engolidora de gente dessa cidade. O que você sabe é que São Paulo é assim, um pandemônio do início ao fim. Apesar de tudo, até que gosto. Como diria Criolo: é o céu na boca do inferno esperando você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s