Dificuldade em ser

Você faz o seu máximo, eu sei disso. E agradeço tal ato. Eu sei também que nem sempre dá pra cumprir com o que se promete, mas você tenta. Do seu jeito, mas tenta.

Talvez você não tenha sido o exemplo que sempre quis, mas alguma coisa de você eu tirei. Independentemente do que seja, saiba que sou grata pelos ensinamentos que me passou. Saiba também que aqui dentro de mim corre o teu sangue, então não tem como eu não estar ligada a você. Às vezes é difícil, difícil até demais, mas eu continuo tentando permanecer firme – pelo menos diante de você.

Eu queria conseguir colocar mais coisa pra fora em uma data como essa, mas eu não consigo. Me desculpe por isso – é algo que venho tentando mudar já tem um certo tempo. Mas é complicado, algo me impede de tirar o escudo que coloquei ao redor de mim. Um dia, quem sabe, não?!

Quem sabe um dia eu não consiga conversar de maneira sincera com você. Quem sabe, também, se um dia as coisas voltam a ser como eram para ser originalmente? Tudo desandou e nisso ninguém tem culpa. Você tentou, eu também. A grande questão é que eu não soube lidar muito bem com as diferenças que se instalaram entre a gente.

Mas tá tudo bem, daqui eu sigo tentando não tropeçar nos obstáculos que a vida me impôs. Sigo também caminhando em busca de uma solução para o problema que eu mesma inventei. De qualquer forma, achei que seria injusto não escrever pra você, já que escrevo para o máximo de pessoas que consigo.

Desculpe qualquer coisa,
feliz seu dia.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s