Conta-gotas

Girl Sketch Tumblr Hair How To Draw Tumblr Black Hair - Youtube

Eu sei que eu amo tudo aquilo que remete ao pranto. Mas eu amo você, e isso me salva. Eu sei que quando você ouve isso já vai colocando as suas coisas na mala e vai saindo como se eu não fosse capaz de notar a sua partida, mas eu amo e as minhas confissões só vão até aqui. Eu sei que eu sinto a sua falta quando a quarta dose chega na mesa e o cara do violão toca Legião e eu lembro dos seus olhos fechados e do sorriso aberto, tão correto e tão bonito, falando do Deus infinito, aquele, o mais lindo. Mas eu também sei que amo o teu silêncio, e daí as minhas certezas acabam aqui para dar espaço para o meu silêncio, que alguns dias é um oceano tão calmo, que dá medo. E tem dias que dá sede. E engana as pessoas cegas ao meu redor. Tão cegas que acham que me veem.

Talvez você até queira ficar para tomar mais um café e esqueça das planilhas e palestras e dos artigos e dos desejos secretos de só dormir até mais tarde pra conseguir engolir mais uma dose da hipocrisia humana. Eu digo isso, porque, assim como você, eu não tenho medo do lado sombrio que carregamos dentro de nós e que nossos pais não conhecem. Os nossos anciãos um dia nos disseram que essa versão tabagista e etílica não presta, mas esqueceram de avisar que muitas vezes é só o que nos resta para conseguir sobreviver nas versões branco gelo, bem passadas e de colarinhos alinhados que diariamente a gente finge amar de verdade. E até ama. E eu amo você. Mesmo quando você pulsa e depois me estica, porque sabe que os meus joelhos quebram quando eu fico tanto tempo sem te respirar. E eu sei que deveria ter uma visão mais pastel do amor, mas eu só consigo amar o que me tira camadas e me revela inteira, ossos e dentes, veias e danos. E eu me amo tanto, que aceitei que eu mereço alguém como você me atravessando e alterando e esvaziando as minhas azias. E eu sei que eu deveria falar sobre outras coisas, como a incapacidade das pessoas de conseguirem viver com a verdade, mesmo elas jurando que é o que mais querem para a vida. Mas, a gente sabe, ninguém está aberto e preparado pra ouvir sobre seus fracassos e a gente também sabe que amar desse nosso jeito conta gotas, é a única maneira de não se afogar no outro.

Eu sei que pode parecer egoísta não querermos companhia nesse nosso círculo fechado onde só cabe os nossos corpos e os nossos copos e não encaixa nenhuma outra versão, senão essa, una e cíclica. Eu sei que eu exagero demais quando o assunto é sentir e que mesmo você acalmando as tempestades dentro e fora daqui, eu ainda sou um assunto para depois, quando der um tempo, pra quando o tédio te corroer e a sua saliva pedir uma novidade. Eu sei que eu ando dizendo por aí que a vida vai se acertar e comprando band-aid, remédio pra dor, cuidando da alimentação e fugindo dos exames de rotina toda semana porque eu sou um pouco hipocondríaca. Mas você sabe que tenho medo de encarar as feridas externas e prefiro te deixar ser meu principal catalisador de euforias. Eu sei que agora, nesse instante, eu esteja alimentando algumas das suas certezas e que você vai colocar isso na sua pilha de pessoas que salivam quando você passa. Eu sei que quando eu peço para você voltar, isso remete aos amores adolescentes que a gente detesta. Eu sei que quando eu te peço pra ficar, você pondera, mas ainda assim entra no seu mundo particular e vai. Eu sei de quase tudo o que acontece depois daqui e que nos leva sempre ao mesmo lugar, aquele momento em que eu descubro que posso enfim te alcançar. E que todas as nucas com cabelos bem cortados, todas as doses e todas as noites e todas as bocas, nunca irão chegar perto da magnitude do que eu sinto quando você desliza e me sente. Do que eu sou no vão dos teus dedos. Eu sei que agora eu pareço despida demais a ponto de querer te fazer olhar para o outro lado e fingir que nada disso aconteceu. Mas se houver alguma maneira de explicar melhor o que eu estou tentando dizer, faz o seguinte: Me beija.

Me beija até eu não saber de mais nada.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s