Carta aberta aos maridos

Queridos companheiros (e homens em geral), 

Uma pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra o que todas as mulheres já sabem, mas talvez vocês não tenham prestado muita atenção até aqui: os afazeres domésticos dificultam home office para 64,5% delas. Tem mais: 83% das mulheres ficaram mais estressadas ou ansiosas na pandemia com os cuidados com a família ou a casa; e 71% delas sentiram que aumentaram as exigências e obrigações na sua casa. 

Vou resumir em duas palavras bem simples de entender: estamos exaustas. Estamos cansadas, sobrecarregadas, ansiosas, em alguns casos deprimidas e muito, muito estressadas. 

O Datafolha traz uma constatação óbvia. Mais pessoas por mais tempo em casa é igual a mais louça para lavar, mais sujeira, mais bagunça. E tudo isso recai preferencialmente sobre nós, mulheres. Nós somos responsáveis pelo gerenciamento e planejamento das tarefas, quase exclusivamente sozinhas. 

Deixa eu contar mais uma coisa que talvez vocês não tenham percebido: vocês não estão ajudando. Aliás, nós não queremos AJUDA, nós queremos DIVIDIR RESPONSABILIDADES. Há um abismo entre as duas coisas. 

Quando nós dizemos o que vocês precisam fazer, vocês estão ajudando. Mas a responsabilidade da gestão e do planejamento continua sobre nossos ombros. Enquanto vocês estão assistindo TV relaxados, nós estamos fazendo listas mentais de tudo que precisa ser resolvido. Enquanto vocês estão com tempo de sobra para se dedicar ao trabalho e a outros projetos pessoais, nós estamos pensando que amanhã tem que colocar a roupa para lavar e varrer a casa. 

A pesquisa Datafolha mostra que 57% das mulheres passaram a trabalhar em home office e acumularam a maior parte do cuidado com a casa. Entre os homens esse índice é de 21%. 

Entendem a diferença? Como a gente vai competir em pé de igualdade no mercado de trabalho com vocês, se a gente tem o dobro de coisas para resolver? Se enquanto vocês estão pensando em projetos profissionais incríveis a gente está estendendo a roupa porque se a gente não fizer isso ela vai apodrecer molhada dentro da máquina de lavar?

Para os homens que se dizem progressistas e feministas: quanto desse planejamento e gerenciamento de tarefas em casa vocês realmente assumiram? Eu ouço de muitos amigos que eles dividem a tarefa de igual pra igual em casa, mas invariavelmente a mulher tem uma opinião bem diferente sobre isso. Talvez antes de sair por aí dizendo aos quatro ventos o quanto vocês são incríveis e melhores que os outros homens fosse bom checar com suas companheiras o que elas pensam sobre isso. 

Vocês estão ouvindo suas companheiras? Nós estamos reclamando da sobrecarga muito antes da pandemia. Vocês pararam para ouvir? Pensaram em como diminuir essa carga? Não adianta reclamar que mulheres estão chatas e cada vez mais irritadas. Nós estamos pedindo ajuda há meses – anos, até. Nós não queremos abraços, não queremos flores, não queremos declarações melosas de amor. Nós queremos igualdade, de fato. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s