Fábio Trad critica reeleição de Maia e Alcolumbre: “Não é simpático lutar para ficar no poder”

Uma possível reeleição do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do presidente da Câmara, Rodrido Maia (DEM-RJ) é vista como negativa por Fábio Trad (PSD-MS), deputado que pertence ao centro político. “Acho que o Rodrigo Maia e o Davi Alcolumbre vão ter que calcular até que ponto vale a pena levar adiante esse projeto de reeleição, por conta do desgaste que já estão aparecendo. Parlamentares do Senado já ingressaram com ação. Quer dizer, não é simpático você brigar para ter continuidade de poder”, afirmou Trad ao Regra dos Terços.

Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Dentre as ações já protocoladas estão as movidas pelos senadores Major Olímpio (PSL-SP), Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Jorge Kajuru (Cidadania-GO) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Para Fábio Trad, o presidente da Câmara precisa tomar cuidado para não prejudicar sua imagem política. “Ele vai ter que ter muita maturidade para fazer com que essa equação não prejudique a sua biografia que até agora, eu diria, tem sido muito positiva no sentido dele ser um mediador e um amortecedor de crises”, disse. “Em alguns momentos eu posso dizer que ele atua mais como primeiro ministro, em um regime branco parlamentarista, do que como presidente da Câmara”, finalizou.

Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) quer permitir a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado. Atualmente, a Constituição proíbe a recondução de um parlamentar para o mesmo cargo da Mesa Diretoria de ambas as Casas na mesma legislatura. Os mandatos de presidentes do Legislativo duram dois anos. Alcolumbre e Maia foram eleitos para presidência em fevereiro de 2019 e os mandatos deve terminar em fevereiro de 2021.

O Supremo Tribunal Federal (STF) discute uma ação sobre a possibilidade de reeleição na chefia do Legislativo, mas ainda não houve julgamento.

Para a proposta tramitar na Câmara, o texto precisa ser aprovado com no mínimo 308 votos entre os 513 deputados. O texto precisa ser referendado por pelo menos 27 senadores para começar a tramitar e para ser aprovada, precisaria de no mínimo 49 votos favoráveis entre os 81 senadores.

Na Câmara, Rodrigo Maia vem dizendo publicamente que não pretende se reeleger.

As declarações de Fábio Trad foram dadas durante o programa Regra Política, do Regra dos Terços, na última terça-feira (1).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s