Eleições 2020: número de candidatos policias, militares e negros aumentou

Comparando o número de candidatos ligados às forças de segurança nas eleições municipais deste ano com 2016 o número praticamente dobrou.

(Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil)

Está é a primeira campanha após Jair Bolsonaro ser eleito presidente e o número de entrada de integrantes do Exército no governo federal também cresceu.

Em 2016, o número de policiais civis na campanha eleitoral era de 1.025, este ano são 1.039. Requerentes a prefeito são 388 em todo o Brasil, contra 188 que disputaram o Executivo municipal há quatro anos. São 388 candidatos a prefeito, 399 a vice-prefeito e 5.932 a vereador. 

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de policiais e militares que vão disputar a vice-prefeito e vereador no pleito deste ano teve um aumento de 11,4% em relação às últimas eleições. 

O número entre os policiais militares candidatos era de 3.205 nas eleições passadas, hoje são 3.561. Os que se declaram membro das Forças Armadas representam um maior número, neste ano são 182 e em 2016 eram 123 candidatos. O total de postulantes vinculados à área aumentou em 19 estados brasileiro. 

O PSL, partido em que Jair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil, é o com maior número de representantes. São 647 candidatos, em segundo lugar vem o Republicanos com 431, depois o PSD com 422 e o MDB com 398. O partido de esquerda com maior número de membro das forças de Segurança, é o PSB com 232.

Por outro lado, o número de candidatos da Polícia Civil nas eleições deste ano é menor que em 2016, caiu de 1.025 para 914. 

Candidatos negros

Outro proporção de candidatos que teve aumento nas eleições deste ano foram as candidaturas negras. Desde 2014 quando o TSE começou a apurar informações de raça, este é o primeiro ano que os candidatos brancos não são a maioria dos concorrentes.

Aproximadamente 215 mil candidatos são considerados pardos e cerca de 57 mil são pretos, segundo a classificação do Instituto Brasileiro de Geogradia e Estatística (IBGE) preto e pardos são considerados negros, sendo assim as eleições deste ano, têm cerca de 272 mil candidatos negro, 49,9% de todos os postulantes. Os requerentes que se autodeclararam brancos são 47,8 do total.

Os candidatos a prefeito negros no Brasil são 6.703, já os brancos são 12.110. Entre os vereadores registrados para o pleito desde ano, 51,8% se consideram pardos ou pretos e brancos são 46,7%.

Nas eleições municipais de 2016, o número de candidatos brancos era maior se comparado a esse ano, a diferença era 52,4% brancos e 47,8% eram negros.

De acordo com o TSE, mais de 25 mil candidatos mudaram a raça declarada na eleição de 2020, 40% passaram de brancos para negros. Entre 2012 e 2018, os brasileiros que se autodeclararam pretos aumentou cerca de 5 milhões e os pardos mais de 7 milhões. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s