EX-LAVA JATO, DELTAN DIZ QUE CASOS DE LULA CORREM RISCO DE PRESCREVER

Ex-coordenador da força tarefa da Lava Jato em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol, disse hoje (8) no Twitter que as acusações contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) correm risco de prescrever após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin.

Nesta segunda-feira (8), Fachin determinou a anulação das acusações contra o petista na Lava Jato de Curitiba e remeteu os casos à Justiça Federal do Distrito Federal. Deltan afirma que os processos, embora, possam ser retomados em breve em Brasília, tem “reais chances de prescrição”.

Procurador da República Deltan Dallagnol. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Várias questões serão rediscutidas nos tribunais. Nada disso, contudo, apaga a consistência dos fatos e provas, sobre os quais caberá ao Judiciário a última palavra”. Deltan também disse que é preciso “olhos para os amplos retrocessos que estão acontecendo no combate à corrupção”.

O procurador cita o fim da prisão em segunda instância, as novas regras de investigações e condenações e propostas que desfiguram as lei de lavagem de dinheiro e improbidade que tramitam no Congresso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: