LULA ARTICULA ENVIO DE INSUMOS DA RÚSSIA E CHINA AO BRASIL

Nesta sexta-feira (12), governadores do Consórcio Nordeste anunciaram a compra de 39 milhões de doses junto ao laboratório União Química, responsável pela vacina russa Sputnik V no Brasil. Além deles, mais de 2.300 prefeitos manifestaram interesse em adquirir o imunizante através de um consórcio que será criado pela Frente Nacional dos Prefeitos, no dia 22 março. Segundo informações do jornal O Globo, um nome está nos bastidores dessas negociações: Lula.

O ex-presidente está articulando com a Rússia e a China há semanas, antes mesmo da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que levou os processos contra ele para a primeira instância, permitindo assim com que ele pudesse concorrer em 2022.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Segundo O Globo, o presidente Vladimir Putim pediu para que Kirill Dmitriev, diretor do Fundo de Investimento Russo, responsável pelo financiamento da Sputnik V, se reunisse com Lula. O encontro virtual aconteceu há três meses.

O petista também manteve diálogo com Xi Jinping, através de carta. Na ocasião, os insumos chineses para a produção da vacina Coronavac, produzidas no Instituto Butantan, estavam atrasados e Lula, junto com a ex-presidente Dilma Rousseff, tentaram desfazer a crise causada pelas críticas do governo Bolsonaro aos chineses.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: