DIA NACIONAL DO ORGULHO  GAY

Olá querides leitores e leitoras. Hoje a fala é bem direcionada porque poderíamos ter o que comemorar, poderíamos ter o que festejar, mas infelizmente ainda não temos.

É dia nacional do orgulho gay e eu me pergunto porque tanto retrocesso e porque estamos caminhando a passos largos para que isso aconteça com tanta frequência?

Não era de se esperar que da noite pro dia todo o mundo se desconstruísse e aqui tudo virasse um paraíso, porém é importante ressaltar que regredir também não estava nos nossos planos. O Brasil ainda é o líder mundial em mortes de LGBTQIA+.

Porém o que mudou até aqui:

  • Criminalização da LGBTfobia
  • Fim da criminalização da homossexualidade e
    das penas correlatas
  • Reconhecimento social da identidade de
    gênero
  • Fim do tratamento das identidades trans
    como patologias
  • Fim dos tratamentos de “cura gay”
  • Casamento civil igualitário
  • Permissão para casais homoafetivos adotarem
    crianças
  • Respeito à laicidade do Estado e fim
    da influência religiosa nos processos políticos
  • Políticas públicas pelo fim da
    discriminação
  • Maior representatividade da comunidade nos meios
    de comunicação

O Brasil tem, hoje, um dos maiores movimentos LGBT do mundo, Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que recebe mais de 2 milhões de pessoas todos os anos, além de políticos engajados com a causa e artistas internacionais.

É preciso entender que as lutas sempre irão existir, seja por causa de direitos simples ou por representatividade, lutar é sempre preciso, tudo que até hoje o movimento conquistou foi por meio de muita militância e coragem, então precisamos erguer a cabeça e ter ciência que tem muita coisa ainda pra melhorar, mas que também não estamos estagnados. Os movimentos vêm crescendo em todo o mundo e diante disto é preciso ressaltar que é pra ter orgulho, sim, levante sua bandeira e seja quem você nasceu pra ser.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: