PRIMEIRA VIDEOCHAMADA FEITA NA AMÉRICA LATINA COM 5G

Ao atender uma ligação no telefone celular, na manhã desta sexta-feira (9), no Palácio do Planalto, o Presidente Jair Bolsonaro participou da primeira videochamada feita na América Latina com a tecnologia 5G standalone, o chamado 5G puro. A videochamada foi feita pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, que estava em São Paulo.

O 5G é uma conexão de internet móvel mais rápida, ágil e econômica. É o sucessor planejado das redes 4G, que fornecem conectividade para a maioria dos dispositivos atuais. Faria fez a ligação da sede da empresa de telefonia móvel Nokia, como parte de uma série de demonstrações de fabricantes da tecnologia ao Governo Brasileiro.

Presidente Bolsonaro em videochamada com o ministro das Comunicações, Fábio Faria. – Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro iniciou a videochamada mostrando ao Presidente Jair Bolsonaro a antena do 5G que foi instalada em São Paulo e no Palácio do Planalto permitindo a chamada, que é menor, mais leve e consome menos energia que as usadas pelo 4G.

O Presidente Jair Bolsonaro afirmou que a chegada dessa tecnologia permitirá que sejam alcançadas regiões brasileiras que ainda não têm acesso à internet. “Realmente a 5G vem em boa hora, porque nós no Brasil precisamos cada vez mais integrar as regiões. Em especial, ainda existe um deserto na região Norte e no nosso querido Nordeste. Com essa tecnologia nós vamos avançar, e muito.”

“Da nossa parte, faremos o máximo do possível e até mesmo o impossível para conseguirmos adquirir essa tecnologia que terá o reflexo em toda a sociedade brasileira, não só no tocante a questões sociais, as conversações entre as pessoas, entre famílias, bem como na empresa, na indústria brasileira”, afirmou.

Possibilidades com o 5G

A tecnologia 5G tem potencial de transformação na indústria de telecomunicações e em diversas áreas como transportes e telemedicina. Com um tempo curto de transmissão de dados, permite o carregamento instantâneo de vídeos em altíssimas resoluções, o que colaborará, por exemplo, com a realização de cirurgias remotas.

Será ainda a chave para apoiar a conectividade sem fio necessária para alimentar novas fábricas e cidades inteligentes. O Ministério das Comunicações estima que, com o 5G, surgirá a demanda por um novo perfil profissional, voltado para a economia digital.

Leilão

Em fevereiro, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o edital do leilão das faixas de radiofrequências para a prestação do serviço no Brasil. A previsão é de que o leilão ocorra ainda neste ano, e que todas as capitais contem com o 5G standalone até julho de 2022, de acordo com o Ministério da Comunicações.

As operadoras vencedoras do leilão terão que cumprir uma série de compromissos para reduzir as desigualdades regionais em telecomunicações. Uma delas é viabilizar o projeto Norte Conectado, que levará internet a cerca de 10 milhões de habitantes via fibra óptica subfluvial.

Outro compromisso será a oferta de sinal 4G ou superior às localidades com mais de 600 habitantes e a conexão de até 48 mil quilômetros de rodovias federais.

*Fonte: Presidência da República

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: