PSOL PEDE CONVOCAÇÃO DE MINISTRO DA SAÚDE

Falta de oxigênio, lentidão na vacinação, ausência de leitos. Mais de 13,5 milhões de infectados e 353 mil mortos. O cenário da pandemia pela Covid-19 no Brasil beira o caos. Para explicar sobre o agravamento da crise sanitária no país, a bancada do PSOL protocolou no dia 8 de abril, requerimento de convocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

“O estado atual da crise no Brasil é uma consequência direta da política de morte com a qual Bolsonaro tem lidado com a pandemia”, aponta o PSOL.

Foto:
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
/O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante coletiva no Palácio do Planalto

No pedido, a bancada afirma que há falta de insumos básicos para o tratamento da Covid-19, destaca que o Brasil no quesito vacinação é um dos mais atrasados do mundo e cita levantamento do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde que indica que 1.068 cidades de todos os estados do Brasil têm risco de desabastecimento de cilindros de oxigênio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: