AUXÍLIO EMERGENCIAL PRORROGADO E AUMENTO NA REJEIÇÃO A BOLSONARO: A CONJUNTURA POLÍTICA DA SEMANA

Nesta semana, uma pesquisa divulgada pela XP/Ipespe aponta uma continuidade na alta de rejeição quanto à atuação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no enfrentamento à pandemia. 58% dos participantes a consideram ruim/péssimo, sendo 22% os que acham ótima/boa, contra 17% que acham regular e 3% que não souberam responder. 

Durante a semana, Bolsonaro admitiu ter errado ao atribuir ao TCU um relatório que questionava o número de mortes por covid-19 em 2020 no país. Ainda, em evento realizado na quinta (10), informou que o Ministro da Saúde iria assinar parecer com vistas a desobrigar o uso de máscaras por aqueles que já estejam vacinados ou que já foram contaminados. Após, colocou que a decisão final caberia aos governadores e prefeitos. O chefe da pasta da Saúde confirmou ter recebido um pedido de Bolsonaro para fazer um estudo sobre as máscaras, mas que a adoção da medida não seria para agora.

Imagem: Flickr/Alan Santos-PR

O Ministro Paulo Guedes anunciou que o governo pretende estender o pagamento do auxílio emergencial até setembro, mês em que espera que boa parte da população adulta do país já esteja vacinada e possa voltar ao trabalho de forma segura. Além desta, a pasta tem estudado outras duas outras medidas com foco social. Uma seria a reformulação do programa Bolsa Família, enquanto outra trata de um bônus para atender jovens que precisam ser qualificados para conseguir entrar no mercado de trabalho. 

No Congresso, foi instalada a comissão especial que irá analisar o mérito da reforma administrativa (PEC 32/20). O Dep. Fernando Monteiro (PP/PE) foi eleito presidente do colegiado, sendo o Dep. Arthur Oliveira Maia (DEM/BA) indicado relator da matéria. 

Já no Supremo Tribunal Federal (STF), por maioria dos votos, a Corte considerou inconstitucionais dispositivos da nova Lei do Mandado de Segurança, questionados na ADI 4296. Também decidiu que o Estado tem o dever de indenizar profissionais de imprensa que sejam feridos por policiais durante as manifestações em que haja conflito entre a polícia e manifestantes.

Veja a conjuntura política da semana completa: 

Conteúdo: Ética Inteligência Política

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: