fbpx

Enquanto quase 500 mil baianos são afetados por catástrofe, Bolsonaro tira férias

Enquanto quase 500 mil baianos são afetados por catástrofe, Bolsonaro tira férias
Presidente Jair Bolsonaro tira férias enquanto Bahia sofre tragédia ambiental

Dados oficiais apontam que mais de 470 mil pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas que atingiram a Bahia. Ao menos 31.405 perderam suas casas e 31.391 precisaram sair dos lares. Os dados são da Superintendência de Proteção e Defesa Covil (Sudec). Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro (PL) tira férias e posa para fotos em um bar, em Santa Catarina.

São 116 municípios afetados e 100 deles já declararam situação de emergência. 20 pessoas morreram e 358 ficaram feridas. Até este momento, Bolsonaro não se solidarizou com a perda de vidas e nem agendou data para ir ao estado baiano, apenas disse que assinou uma Medida Provisória para recuperar as estradas e comprar alimentos.

O chefe do Executivo Federal está no Forte Marechal Luz, na Praia do Forte, em Santa Catarina, praticando pescaria e posando descalço para fotos. Os ministros João Roma, da Cidadania, e Rogério Marinho, da Infraestrutura, estão no sul da Bahia e Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, está a caminho. Mas o presidente da República, até este momento, não apresentou intenção de interromper as férias para visitar a região onde quase de meio milhão de brasileiros estão sofrendo.

Aliado do presidente, o deputado federal Helio Lopes (PSL-RJ) publicou uma foto destacando que Jair Messias Bolsonaro está descalço em um bar, “sem estar bêbado”. A publicação causou revolta, em especial, pela falta de empatia com os baianos. A #BolsonaroVagabundo está entre as hashtags mais publicadas no Twitter.

Foto publicada por Helio Lopes para destacar que Bolsonaro está descalço nas férias

“A Bahia sofre uma emergência terrível enquanto o Presidente curte suas férias como se nada ocorresse. O Brasil não pode fechar os olhos a seus compatriotas nesse momento de dor e necessidade! Minha solidariedade ao povo baiano!”, publicou o senador Fabiano Contarato (PT-ES) no Twitter.

“O retrato de um país sem governo. Enquanto brasileiros morrem e perdem suas casas na Bahia, o presidente da República curte as férias em Santa Catarina como se nada estivesse acontecendo”, disse na mesma rede o deputado Marcelo Freixo (Psol-RJ).

Erick Mota

Jornalista com passagem em grandes veículos de comunicação, como RICTV Record, Gazeta do Povo e Congresso em Foco. Foi repórter de rede da Band e Bandnews TV e rádio BandNews FM, em Brasília. Fundador do Regra dos Terços.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: