fbpx

Aborto: OMS reforça defesa do direito da mulher mandar no próprio corpo

Aborto: OMS reforça defesa do direito da mulher mandar no próprio corpo
Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus (José Cruz/Agência Brasil)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reforçou, nesta quarta-feira (29), o posicionamento favorável ao direito da mulher de decidir sobre o próprio corpo. “Todas as mulheres devem ter o direito de decidir quando se fala do seu corpo e da sua saúde. Ponto final. Aborto seguro é cuidado de saúde. Ele salva vidas. Restringi-lo só leva mulheres e meninas a procedimentos inseguros, que resultam em complicações e até a morte. A evidência é irrefutável”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Segundo Tedros, a proibição do aborto atinge diretamente as mulheres mais pobres, em especial as que pertencem a comunidades marginalizadas. No mesmo sentido, Soumya Swaminathan, cientista-chefe da OMS, disse que negar o acesso à interrupção da gravidez em serviços de saúde é como dificultar que uma pessoa receba um remédio que pode salvar sua vida.

“A falta de acesso não reduz o número de abortos. Se a mulher precisar, ela vai procurar como resolver. Vamos começar a ver o aumento da mortalidade e morbidade com essa decisão”, criticou a cientista.

Preocupação com os EUA

A decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos, que transferiu aos Estados a palavra final sobre o aborto legal, causou preocupação na OMS. “Não esperávamos que essa mudança viesse dos EUA. Esperávamos que eles liderassem nesse assunto. Nos últimos 40 anos, a tendência global para mulheres é aumentar o acesso ao aborto seguro. A decisão da última semana foi um passo atrás, e nunca foi tão importante que a sociedade se una para proteger o direito da mulher de passar por um aborto seguro, em qualquer lugar”, afirmou o diretor-geral da entidade.

Erick Mota

Jornalista com passagem em grandes veículos de comunicação, como RICTV Record e Congresso em Foco. Foi repórter de rede da Band, Bandnews TV e rádio BandNews FM, em Brasília. Fundador do Regra dos Terços, é host do Podcast Distraídos.

Deixe uma resposta

5 TDAHs que você precisa conhecer A verdade por trás das pirâmides ​Como funciona a segurança dos presidenciáveis ​7 curiosidades sobre a Ilha das Cobras La Brea da vida real
%d blogueiros gostam disto: