Jornalista por profissão, cronista por opção e neta coruja. Escrevo porque preciso justificar as ansiedades que o tarja-preta não dá conta.

UMA CARTA À SOLIDÃO

A solidão é um lugar espaçoso onde estico minhas pernas e me sinto em casa. É uma ampla sala cheia

Leia Mais
%d blogueiros gostam disto: