fbpx

BOLSONARO VAI DOBRAR A APOSTA CONTRA MINISTROS NO 7 DE SETEMBRO

BOLSONARO VAI DOBRAR A APOSTA CONTRA MINISTROS NO 7 DE SETEMBRO
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia para o anúncio de investimentos para o Programa Águas Brasileiras.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai discursar nas manifestações em Brasília e em São Paulo neste 7 de setembro. Nos corredores do Planalto é tido como certo que o chefe do Executivo vai subir o tom das críticas, em especial contra os ministros Alexandre de Moraes, relator do inquérito dos Atos Antidemocráticos e Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No caso de Moraes, ele tem sido responsável por ordenar ações coercitivas contra apoiadores do presidente, que têm ameaçado a ordem democrática brasileira. Já Barroso, se posicionou contrário ao voto impresso, tema adotado por Bolsonaro como motivo para não aceitar o resultado das eleições de 2022, quando, segundo todas as pesquisas, ele tende a ser derrotado.

“O discurso está pronto, o presidente da República responsabilizará os dois ministros pela crise entre o Executivo e Supremo, eles realmente estão se excedendo”, afirmou o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), ao jornal Correio Braziliense.

Bolsonaro já tem feito discursos duros contra os ministros e contra a democracia brasileira. Recentemente ele disse que será necessário um contra-golpe, por, segundo ele, o Brasil já viver naquilo que ele chama de “ditadura da toga”.

Mas, em outros momentos, Bolsonaro tem deixado escapar o provável motivo de toda a sanha golpista: o medo de ser preso. Por duas vezes nos últimos dias ele afirmou que pode ser preso depois que deixar o poder.

Regra dos Terços

Veja a vida de outro ângulo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: