fbpx

Britney Spears pede prisão dos pais e faz alerta sobre o sistema de tutela

Britney Spears pede prisão dos pais e faz alerta sobre o sistema de tutela
Cantora Britney Spears diz que pais deveriam estar presos

A cantoria Britney Spears reconquistou todos os direitos de tocar a vida pessoal novamente. Isso pode parecer estranho para muitas pessoas, mas o pai da cantora, Jamie Spears, havia obtido na justiça a tutela integral sobre a filha, que hoje está com 39 anos. O pai da estrela global entrou com ação acusando a própria filha de ter uma “doença mental não divulgada” e “abuso de substâncias”.

Entre 2007 e 2008, Britney passou por momentos polêmicos e complicados. Se divorciou de Kevin Federline, atacou o carro de um fotógrafo que a perseguia e foi internada em uma clínica de reabilitação. Em 2005 ela havia perdido a custódia do filho Sean e em 2006 do Jayden.

E foi por esses episódios e por ela ter raspado a própria cabeça, por mais inacreditável que seja isso ser motivo para uma ação, o pai entrou com uma petição no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles pedindo uma tutela temporária de emergência.

Somente agora a Justiça norte-americana reconheceu que Britney Spears deve ter direito a todas suas liberdades individuais. Ela comemorou falando que agora deseja fazer coisas simples “como dirigir o próprio carro, usar o cartão de crédito para sacar dinheiro e até mesmo comprar velas”.

“Não estou aqui pra ser uma vítima. Eu vivi como vítima minha vida inteira quando eu era criança. Por isso eu saí de casa e trabalhei por 20 anos. E eu trabalhei duro. Eu sou uma mulher muito forte, então eu sei o que o sistema pode fazer com essas pessoas. Espero que minha história possa impactar e faça alguma diferença nesse sistema corrupto”, disse.

A cantora afirma que família deveria estar presa. “E eu nem vou mencionar todas as coisas terríveis que eles fizeram comigo, pelas quais deveriam estar na prisão… incluindo minha mãe indo para a igreja. Eu estava acostumada a permanecer em paz e com a boca fechada por minha família, mas não dessa vez”, disse.

Resolvi escrever uma coluna apenas relatando o fato, principalmente pelo final da história. A cantora disse que vai atuar para advogar em favor de pessoas impactadas por sistemas de tutela e que sofrem de “deficiências e doenças reais”.

Chamo aqui para a reflexão: o caso de Britney Spears é famoso por ser tratar de um dos maiores nomes da música pop do mundo, mas quantas Britneys não existem por aí nas Avenidas Paulistas, Copacabanas e Alfa Viles? O sistema de tutela existe para proteger o tutelado, mas ele pode ser usado para fins de controle financeiro fazendo com que as vítimas se tornem prisioneiras da própria família. O caso de Britney deixa o alerta e precisamos falar mais sobre isso.

Erick Mota

Jornalista com passagem em grandes veículos de comunicação, como RICTV Record, Gazeta do Povo e Congresso em Foco. Atualmente é repórter de rede da Band e Bandnews TV em Brasília. Fundador do Regra dos Terços

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: