CPI DA PANDEMIA: DEPOIMENTO DE MANDETTA E PAZUELLO DE ATESTADO

A CPI da Pandemia no Senado começou nesta terça-feira (4) a ouvir as testemunhas. O primeiro a falar foi o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que estava no cargo no início da crise sanitária causada pelo coronavírus.

Mandetta disse que era “muito constrangedor para um ministro da Saúde explicar que o ministro da Saúde estava indo por um caminho e o presidente por outro.”

Mandetta contou que entregou ao presidente uma carta em que o alertava sobre o crescimento dos riscos do coronavírus enquanto ainda estava no cargo de ministro. O documento foi entregue a Bolsonaro no dia 28 de março de 2020. Mandetta entregou uma cópia da carta aos senadores da CPI. No texto, ele “recomenda expressamente que a Presidência da República reveja o procedimento adotado” para evitar “colapso do sistema de saúde e gravíssimas consequências à saúde da população”.

“Todas as recomendações as fiz com base na ciência, a vida e a proteção. Eu as fiz nos conselhos de ministros e diretamente ao presidente”, disse o ex-ministro aos senadores.

Mandetta também contou aos senadores que Bolsonaro tinha outros conselheiros sobre a atuação na pandemia. “Ele tinha um assessoramento paralelo”, afirmou, sem definir quem assessorava o presidente nestas questões.

A CPI vai investigar ações ou omissões de autoridades na pandemia, com foco na atuação do governo Bolsonaro. A comissão também vai investigar possíveis ilegalidades de Estados e municípios no uso de recursos repassados pela União.

Inicialmente, o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazzuello estava agendado para esta quarta-feira (5), mas o general avisou que teve contato com militares que estavam doentes e não poderá comparecer.

“Ele vai sem máscara para o shopping e não pode vir para a CPI”, reclamou a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

No Anexo V desta semana, os jornalistas Kelli Kadanus, do Regra dos Terços, e Rogério Galindo, do Plural, falam sobre a primeira audiência da CPI ara ouvir testemunhas. Acompanhe:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: