AO VIVO: MINISTRO DA SAÚDE DEPÕE NA CPI DA PANDEMIA NO SENADO

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, presta nesta quinta-feira (6) seu depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, no Senado. Marcelo Queiroga está à frente do Ministério da Saúde desde 23 de março deste ano. O médico cardiologista assumiu o cargo com o desafio de chefiar a pasta no pior momento da pandemia no país, quando se somavam cerca de 300 mil mortes no Brasil.

Nesta quarta-feira (5), a CPI ouviu o depoimento do ex-ministro Nelson Teich. Ele afirmou que deixou o governo quando percebeu que não teria autonomia para fazer o que ele achava ser necessário para que o Brasil atravessasse a pandemia. Teich também disse que é totalmente contrário ao uso da cloroquina para tratamento da covid-19 e que a produção e distribuição do medicamento não foi comunicada e muito menos autorizada por ele. 

Na quarta-feira, a CPI ouviu o depoimento de Luiz Henrique Mandetta, primeiro ministro da Saúde no Brasil durante a pandemia. Aos senadores, Mandetta disse que era “muito constrangedor para um ministro da Saúde explicar que o ministro da Saúde estava indo por um caminho e o presidente por outro.”

Além de ouvir depoimentos, a comissão também já aprovou centenas de requerimentos requisitando informações ao governo federal e a outras instituições, como Polícia Federal, Ministério Público, Tribunal de Contas da União (TCU) e governos estaduais.

O relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), apresentou um plano de trabalho com seis linhas de investigação.

Quatro requerimentos de convocação, de autoria do relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), do vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Eduardo Girão foram aprovados pelo colegiado para o testemunho do atual titular da Saúde.

A audiência com Queiroga está prevista para começar às 10 horas. Confira ao vivo:

1 comentário em “AO VIVO: MINISTRO DA SAÚDE DEPÕE NA CPI DA PANDEMIA NO SENADO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: