fbpx

Disney LGBTQIA+: vem aí a adaptação de romance gay

Disney LGBTQIA+: vem aí a adaptação de romance gay

Olá querides companheiros e companheiras! Todo mundo tem um sonho, seja explícito ou não, de ir à Disney certo? Então sabemos a importância e a magia que são os filmes e os livros desta companhia de entretenimento mundial. Todos nós crescemos acompanhando os contos de fadas, os desenhos famosos que falam sobre grandes guerreiros, sagas de magia e também animações tradicionais que falam sobre seus personagens mais famosos, como o Mickey e o Pato Donald por exemplo.

Em um mundo não tão distante de nós estão as grandes produções dos estúdios Disney, que com o passar dos anos foi ficando mais atual e deixou de produzir apenas histórias que contassem sobre príncipes e princesas. Com isso, vieram as produções de live actions, adaptações de livros, animações mais elaboradas e o encanto ficou mais próximo de nós, pois as várias representatividades também chegaram na magia dos estúdios Disney.

É possível mergulhar hoje na plataforma de streaming por aplicativos e tudo ainda mais fácil de acessar. A tecnologia tem sido grande aliada na difusão de grandes informações em formatos mais acessíveis e divertidos. Apesar da maioria dos romances retratados na trajetória destes produtores serem de casais heteronormativos, com a atualidade batendo à porta, com a grande mídia dando espaço para o debate, a Disney dos sonhos resolveu também fazer a sua parte e vai fazer uma adaptação de um romance LGBT chamado, The Temperature of Me and You.

Conhecidos por encabeçar grandes projetos como, Mulan, Cruella e até mesmo o famoso O Rei Leão, Foster Driver e Zoe Kent serão responsáveis pela adaptação do livro de Brian Zepka e contarão também com o produtor Alden Derck, responsável por escrever o projeto em formato de série.

Segundo o site The Hollywood Reporter, o romance chegou às prateleiras estadunidenses no dia 25 de janeiro, com uma narrativa de primeiro amor, ficção, e debates como identidade e confiança. No Brasil infelizmente ainda não há informações sobre a publicação do livro.

“Acreditamos que todas as pessoas são iguais e merecem experimentar conteúdo que reflita o mundo em que vivemos hoje e o mundo em que queremos viver amanhã”, disse a dupla de produção em um comunicado.

Divulgação

O anúncio deixou empolgados os espectadores de sagas românticas e ainda por cima LGBT’s que seguem lutando e buscando por representatividade. Esperamos que mais livros e contos do mesmo tema sejam trazidos para nossa realidade, sejam acessíveis e adaptados. Na busca por entender sua orientação sexual, identidade de gênero e, mais que isso, entender quem você realmente é, ter estas referências faz toda diferença para a família e principalmente para os adolescentes que ainda estão neste processo de procura da sua identidade. Seguimos fortes!

Jhey Borges

Jenifer Borges, publicitária, colunista e ativista das causas das mulheres, negros, jovens e LGBTQIA+, escrever é um ato político desde que suas palavras sejam condizentes com igualdade social e sua própria índole

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: