fbpx

Pai de santo suspeita de incêndio criminoso e cria vaquinha para reconstruir terreiro

Pai de santo suspeita de incêndio criminoso e cria vaquinha para reconstruir terreiro
Foto: Reprodução

Terreiro de umbanda em Curitiba faz vaquinha virtual após incêndio destruir parte do local. As chamas começaram na madrugada deste domingo (24), no espaço que fica no bairro Boa Vista. O pai de santo Dado de Oxóssi, responsável pelo terreiro Paity-Payrá acredita que o incêndio tenha sido criminoso e não descarta a hipótese de ser um caso de intolerância religiosa.

O corpo de Bombeiros não soube informar como o incêndio aconteceu, as hipóteses iniciais era que as chamas teriam começado por conta de um curto-circuito ou por causa de uma vela. Mas segundo informações da Banda B, um vizinho teria visto um homem entrando no terreiro antes do fogo começar.

“A parte que pegou fogo e destruiu tudo, não tem vela. A gente estava imaginando um curto, mas a parte elétrica estava desligada. Daí, um vizinho que mora no prédio ao lado viu a movimentação e disse: ‘Eu vi tudo. Uma pessoa entrou, foi até os fundos, se abaixou e acendeu alguma coisa”, contou pai Dado de Oxóssi a Banda B.

A cozinha, os banheiros e uma área de convivência foram os locais mais danificados pelo fogo. O terreiro em si, ficou intacto. 

Ninguém ficou ferido e agora a polícia vai investigar as causas do incêndio.

Ajude

A administração do local pede ajuda para reconstrução, a meta é conseguir R$ 100 mil reais para recuperar o que foi destruído pelas chamas. O valor mínimo para doação no site é de R$ 25. Mas quem não tiver esse valor e quiser contribuir com uma quantia menor pode mandar na chave PIX.

Rafaela Moreira

Jornalista, repórter do Regra dos Terços e diretora de programas de televisão na TV Band e na Rede Super.

Deixe uma resposta

La Brea da vida real Macabras pedras da fome surgem na Europa 3 músicos independentes que você precisa conhecer O que você não sabe sobre povos indígenas ​9 curiosidades sobre seu gato
%d blogueiros gostam disto: