INVESTIGAÇÕES E FALTA DE TRANSPARÊNCIA É O TEMA DO REGRA ENTREVISTA DESTA TERÇA

Na última semana, o Tribunal de Contas da União (TCU) abriu investigação sobre a compra de mais de 560 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, anunciada pelo governo federal em peças publicitárias no início deste ano. A Corte também cobra explicações sobre o uso de aviões da Forças Armadas Brasileiras (FAB) por servidores públicos. 

Um dos anúncios foi feito, inclusive, no perfil do ministro das Comunicações, Fábio Faria, em 16 de março deste ano. “O Governo Federal já contratou mais de 560 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, que devem ser distribuídas até o final de 2021. Até o momento, o Governo já entregou mais de 20 milhões de doses aos estados brasileiros”, escreveu o ministro à época da publicação. 

Além de explicações sobre as doses do imunizante, o TCU também investiga o uso de aviões da FAB para o transporte de servidores públicos entre janeiro de 2019 e maio de 2021. O pedido para abertura de inquérito foi solicitado pelo deputado federal Gustavo Fruet (PDT-PR), após cobrar explicações do governo e receber respostas incompletas. 

Para falar sobre a falta de transparência nas informações do governo Bolsonaro, convidamos o deputado Gustavo Fruet, mestre em direito público e doutor em direito das relações sociais, ambas, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). A entrevista será nesta terça-feira (27), às 12h, horário de Brasília. Marque na agenda, viu? Esperamos vocês.

  

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: