LGBTQIA+ NOS QUADRINHOS: Episódio 01 – BATWOMAN

Olá querides leitores e leitoras, hoje iniciamos uma outra série de visibilidade LGBTQIA+ e dessa vez vamos entrar no mundo dos quadrinhos que por mais que não seja tão falado, têm diversos personagens que representam a comunidade LGBTQIA+, vamos nessa?

Eu sou suspeita falar em quadrinhos e coisas de super herói, pois gosto bastante de filmes e afins, meus amigos são bastante nerds e acabei pegando o gosto. Vamos falar de uma das mulheres no mundo dos super heróis mais importantes, a Batwoman (mulher morcego).

Foto: CW/Divulgação

A Mulher Morcego surgiu nos anos 1950 como a contraparte feminina do Batman. Juntos, eles viveram um dos muitos romances de Bruce Wayne. Mas a Batwoman dos dias de hoje não é a mesma de meados do século XX.

Hoje em dia a super heroína não está nem aí para o Batman. Kate Kane foi uma militar excepcional até ser expulsa da sua carreira no exército quando decidiu não mais fingir sua heterossexualidade e desafiar, portanto, uma lei que proibia os militares de serem assumidamente homossexuais.

Kate teve um relacionamento longo com Reneé Montoya, mas foi com a policial Maggie Sawyer que Kane fez sua história, protagonizando o primeiro pedido de casamento lésbico da história em quadrinhos.

Porém, infelizmente a DC deu um enorme passo para trás com seu ascendente progresso e proibiu os criadores de Batwoman de mostrarem o então casamento das duas mulheres. A editora declarou que os super-heróis têm a missão de sacrificar suas vidas pessoais então seria inviável que eles tivessem relacionamentos estáveis e ou família.

Os criadores J.H. Williams e W. Haden Blackman se demitiram em protesto pela decisão da DC.

A super-heroína voltou a estar nos holofotes em uma série estreada na HBO com a identidade anterior de Kate Kane antes “deixada de lado” pela DC. A produtora da série, Caroline Dries relatou que foi gratificante trazer de volta uma personagem tão cheia de personalidade, e tão cheia de história pra contar.

A atriz Ruby Rose é quem interpreta Kate, uma lutadora de rua altamente treinada e lésbica que armada com uma paixão feroz pela justiça social e um talento para expressar sua opinião, dedica-se a defender Gotham na ausência de Batman. A série é ambientada no Arrowverse, compartilhando a continuidade com as outras séries de televisão do universo. A série estreou na The CW em 6 de outubro de 2019 e é filmada principalmente em Vancouver, British Columbia, Canadá, com locações em Chicago, Illinois.

No entanto, a TVLine e a Variety relataram que Rose não gostou das longas horas de trabalho e não se adaptou à vida em Vancouver, onde a série foi parcialmente filmada, levando a “atritos no set”. Foi decidido mutuamente entre Rose, o estúdio e o canal para ela sair. Os produtores reafirmaram seu compromisso com a série e encontraram uma nova atriz da comunidade LGBTQ para liderar as temporadas futuras.

Acesse os canais da HBO e acompanhe a saga.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: