fbpx

MANIFESTANTES VOLTAM ÀS RUAS PARA PEDIR IMPEACHMENT DE BOLSONARO

MANIFESTANTES VOLTAM ÀS RUAS PARA PEDIR IMPEACHMENT DE BOLSONARO
Foto: Adi Spezia/CIMI

Mais de 450 atos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estão previstos para este sábado (19) em todo o Brasil. Os manifestantes pedem o impeachment do presidente, a vacinação contra a Covid-19, entre outros pontos. Os protestos foram convocados por movimentos sociais, partidos políticos e centrais sindicais.

Estão previstos mais de 450 atos em 386 cidades brasileiras, incluindo todas as capitais. Também há previsão de manifestações em 52 cidades do exterior, em países como Canadá, Alemanha, França, Portugal, Itália, Estados Unidos e Argentina.

O coletivo Campanha Nacional Fora, Bolsonaro centraliza a organização dos atos deste fim de semana. Esta é a segunda manifestação pedindo o impeachment Bolsonaro registrada mesmo durante a pandemia de coronavírus. A primeira ocorreu em 29 de maio, quando manifestantes em todos os estados pedindo o impeachment de Bolsonaro, ampliação da oferta de vacinas e do auxílio emergencial e contra a reforma administrativa e a agenda de privatizações do governo federal, entre outros pontos.

manifestacao contra bolsonaro
Foto: Adi Spezia/CIMI

Durante as manifestações em maio, a Polícia Militar de Pernambuco usou gás lacrimogêneo, spray de pimenta e balas de borracha contra os manifestantes que faziam um protesto pacífico em Recife. Na ocasião, dois homens perderam a visão de um dos olhos ao serem atingidos por balas de borracha e a vereadora do Recife Liana Cirne (PT) foi atingida por spray de pimenta no rosto. Neste sábado (19), a orientação é que a polícia garanta o direito à livre manifestação, previsto na Constituição, e assegure o respeito aos direitos humanos.

Em Brasília, um grupo com mais de 800 lideranças indígenas participa da mobilização contra Bolsonaro. Os povos indígenas estão na capital desde semana passada em uma mobilização contra projetos de lei anti-indígenas no Congresso Nacional e para acompanhar um julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a tese do marco temporal, que pode interferir nos processos de demarcação de terras indígenas no Brasil.

Os materiais de convocação para os atos reconhecem os riscos de transmissão do vírus e orientam manifestantes quanto ao uso de máscaras PFF2 ou N95, álcool gel e distanciamento físico. 

Neste sábado (19), o Brasil pode chegar a marca de meio milhão de mortos pela Covid-19 desde o início da pandemia, em março de 2020. Até este sexta-feira (18), segundo o Ministério da Saúde, já haviam sido registradas 498.499 mortes e 17,8 milhões de casos em todo o país.

Veja alguns atos pelo impeachment de Bolsonaro pelo Brasil:

São Paulo (SP)

Brasília (DF):

Belém (PA):

Rio de Janeiro:

Recife (PE)

Goiânia (GO)

Belo Horizonte (MG)

João Pessoa (PB)

Maceió (AL)

São Luís (MA)

Kelli Kadanus

Kelli Kadanus, jornalista, cronista, tia coruja. Escrevo para tentar me entender e entender o mundo. É assim desde que aprendi a juntar sílabas. Sonho em mudar o mundo e as palavras são minha única arma disponível.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: