ONDA DE CALOR PODE TER CAUSADO A MORTE DE MARISCOS NO CANADÁ

Há algumas semanas o Canadá tem registrado temperaturas acima de 40 graus na área urbana. Em outros locais, como rochas e a área da praia, cientistas registraram temperaturas que chegam até 50 graus. E é exatamente essas temperaturas altas que têm causado preocupação nas autoridades, pois são nesses lugares que os mariscos ficam depositados e estão sendo encontrados mortos e, ao que tudo indica, a causa é a forte onda de calor que pode ter cozinhado os animais.  

As informações foram publicadas no portal de notícias G1. Segundo pesquisadores da Universidade de British Columbia, no Canadá, estimam que cerca de 1 bilhão de animais marinhos, entre mexilhões, mariscos e outros moluscos, tenham morrido por conta da onda de calor extremo que atinge a região oeste do país. 

Foto: Canva

Em entrevista à CNN americana, o professor de zoologia na Universidade de British Columbia, Christopher Harley, disse que percebeu o que havia acontecido com os animais ao ir fazer uma vistoria e sentir de longe o forte cheiro dos moluscos que estavam em estado de decomposição. “É uma catástrofe”, lamentou o especialista.

De acordo com Harley, os moluscos possuem um mecanismo que os permite reter água das marés na própria concha para refrescar um pouco o corpo, no entanto, além da forte onda de calor, a costa oeste do Canadá registrou uma baixa no regime das marés. A junção desses dois fatores é mortal para estes animais.  

*informações: G1 e CNN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: