fbpx

SÍNDROME DE BURNOUT: UM PAPO DO AVESSO COM RENATA CORRÊA

SÍNDROME DE BURNOUT: UM PAPO DO AVESSO COM RENATA CORRÊA

Renata Corrêa foi diagnosticada com a síndrome de burnout e, mesmo trabalhando demais, conseguiu encontrar tempo para escrever um livro sobre a experiência. Ela é autora do livro “Cansei de ser mulher maravilha” – e de outras mais de 20 obras. Chocólatra assumida, pisciana dramática, médica e escritora, Renata é a convidada desta semana no poscast Papo do Avesso.

Renata fala sobre a síndrome de burnout, sobre os sintomas da doença, como a despersonalização, distanciamento afetivo, irritabilidade, ceticismo, cansaço, esgotamento físico e mental, entre outros sinais de alerta. A escritora também destaca a necessidade de buscar ajuda profissional a qualquer sinal de alerta. Além de procurar ajuda, Renata também destaca a importância de sermos mais tolerantes com nós mesmos.

Renata também é mãe de gêmeos – e garante que, depois de pensar que seriam três, ficou até aliviada em ter dois filhos ao mesmo tempo. Na conversa com Kelli Kadanus e Eline Carrano, Renata fala um pouco sobre a romantização da maternidade e como isso também influencia para que mulheres estejam sempre sobrecarregadas.

Compre os livros da Renata:

Pega um café e vem bater esse papo com a gente:

Assine a newsletter do Sonhos do Avesso e tenha acesso a um conteúdo exclusivo todas as quartas-feiras! Assinante da newsletter ouve o Papo do Avesso antes de todo mundo. É só se inscrever neste link! É de graça!

Papo do Avesso é o podcast oficial da página Sonhos do Avesso, que nasceu de dois corações e um amor em comum: escrever. Dois corações jornalistas, nascidos em 91 e que só queriam um espaço para poder se abrir. Essa iniciativa é uma vontade que, inicialmente, parece simples. Mas só quem escreve sabe como isso pode ser essencial na vida.

Então, o Sonhos do Avesso nasceu, deu alguns frutos, mas precisou ficar ali, paradinho por um tempo. Porque como a vida é ciclo, e às vezes nos pede outras prioridades, há sonhos que precisam esperar. Há avessos que ficam para depois.

E ele esperou.

Só que aí, esses dois corações conversaram e chegaram à conclusão em comum de que era hora de voltar. E o Sonhos do Avesso voltou. Bem diferente, ele cresceu.

Agora ele fala de outras coisas, ele indaga a vida de outra forma, olha diferente para o passado, fala de futuros possíveis. Ele vai falar a sua língua e, talvez, seja você quem fale com ele. Ele pode falar outras línguas, mas você é bem-vindo para desfrutar do nosso espaço.

Tudo vai depender da estação, do clima, dos corações que estão escrevendo. E esses corações costumam ter vontades em comum e outras vezes totalmente contrárias. Tem dias que é só sonho, tem dias que é só avesso, tem dias que é os dois. Senta com a gente, toma um café. Vai que você conta para nós o seu sonho? Vai que você descobre que o avesso era seu lado certo? A gente vai adorar te receber na nossa casa.

Perdeu o episódio anterior? Ouça aqui:

Regra dos Terços

Veja a vida de outro ângulo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: