fbpx

SOB PRESSÃO NO EXÉRCITO, PAZUELLO GANHA NOVO CARGO NO GOVERNO FEDERAL

SOB PRESSÃO NO EXÉRCITO, PAZUELLO GANHA NOVO CARGO NO GOVERNO FEDERAL
Foto: Carolina Antunes/PR

Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, foi nomeado nesta terça-feira (1) para o cargo de secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos, que é vinculada à Presidência da República. A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), em portaria assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e acontece em um momento em que o ex-ministro enfrenta pressão no Exército.

Pazuello deixou a pasta da Saúde há cerca de dois meses e meio, sendo substituído pelo médico Marcelo Queiroga. Eduardo Pazuello é general da ativa do Exército e atualmente voltou a exercer atividades na própria corporação.

eduardo-pazuello
Foto: Carolina Antunes/PR

O ex ministro também esteve protagonizando algumas situações polêmicas nos últimos tempos, como seu depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado e seu envolvimento num ato à favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Após sofrer um processo disciplinar que apura sua participação neste ato do último dia 23, Pazuello alegou que o evento não era político-partidário e o país não está em período eleitoral, além do fato de que Bolsonaro não é filiado a nenhum partido político.

A participação de militar da ativa em eventos político-partidários é vedado por regulamento militar. Por isso, Pazuello pode ser punido pela participação no ato. O Exército ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

A Liderança da Minoria da Câmara dos Deputados protocolou uma representação contra Pazuello na Procuradoria Geral de Justiça Militar. Endereçado ao procurador Antônio Pereira Duarte, o documento se fundamenta na participação do senhor Eduardo Pazuello, general de Divisão do Exército do Brasil, “por ter praticado, em tese, o crime previsto no art. 324 do Código Penal Militar”.

No novo cargo, Pazuello ficará subordinado ao almirante Flávio Rocha, atual secretário de Assuntos Estratégicos do governo. A pasta funciona dentro do Palácio do Planalto.

Eline Carrano

Jornalista por profissão, cronista por opção e neta coruja. Escrevo porque preciso justificar as ansiedades que o tarja-preta não dá conta.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: