fbpx

Pesquisa Ipespe mostra Lula com 43% das intenções de voto, seguido de Bolsonaro, com 28%

Pesquisa Ipespe mostra Lula com 43% das intenções de voto, seguido de Bolsonaro, com 28%

Pesquisa Ipespe divulgada nesta sexta-feira (11) mostra um cenário semelhante ao último levantamento, realizado em fevereiro: Lula (PT) segue na liderança, com 43% das intenções de voto. Jair Bolsonaro (PL) conta com 28% das intenções de voto, enquanto Ciro Gomes (PDT) e Sérgio Moro (Podemos) aparecem empatados na disputa, ambos com 8%. 

O pré-candidato João Doria (PSDB) aparece em terceiro lugar, com 3% das intenções de voto, enquanto Simone Tebet (MDB) conta com 1% das intenções de voto, assim como André Janones (Avante) e Eduardo Leite (PSDB), que é a principal opção de candidato à presidência pelo PSD após a desistência de Rodrigo Pacheco (PSD), anunciada nesta quarta-feira (9). Os pré-candidatos Felipe D’Ávila (Novo) e Alessandro Vieira (Cidadania) não pontuaram. Além disso, 7% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco/nulo, enquanto 2% não sabem ou não quiseram responder.

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95,45%. O Ipespe entrevistou 1.000 pessoas maiores de 16 anos em todas as regiões do país, entre 07 e 09 de março. O levantamento foi registrado no TSE sob protocolo BR-03573/2022.

Como fica o segundo turno das eleições presidenciais?

A pesquisa Ipespe também realizou uma série de simulações para um eventual segundo turno. Em uma disputa entre Jair Bolsonaro (PL) e Lula (PT), o petista venceria com 53% dos votos, enquanto Bolsonaro (PL) chegaria a 33%. Entre Lula (PT) e Sérgio Moro (Podemos), quem venceria é Lula, com 51% dos votos contra 30% dos votos de Moro. Além disso, em uma disputa contra Eduardo Leite (PSD), o petista venceria o atual governador do Rio Grande do Sul com 55% dos votos. Entre Jair Bolsonaro (PL) e Eduardo Leite (PSD), o atual presidente venceria com 40% das intenções de voto, contra 35% de Leite.

Com Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) no segundo turno, o petista também levaria a eleição com 50% dos votos. Entre Jair Bolsonaro (PL) e Ciro Gomes (PDT), quem venceria o segundo turno seria Ciro Gomes, com 47% das intenções de voto.

No caso de uma disputa entre o atual presidente e o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), ambos empataram na margem de erro, com 33% das intenções de voto cada. A taxa de votos brancos, nulos e de pessoas indecisas é de 34% nesse cenário.

Se o segundo turno fosse entre Lula (PT) e João Doria (PSDB), venceria Lula (PT), com 53% dos votos. Contra Bolsonaro (PL), João Doria empataria com Bolsonaro na margem de erro, com 38% das intenções de voto para si e 37% para o atual presidente.

Avaliação dos brasileiros ao governo Bolsonaro é negativa

A pesquisa Ipespe também mediu a avaliação ao governo Bolsonaro. Para 52% dos brasileiros, o trabalho da atual gestão é “ruim” ou “péssimo”, 20% o consideram “regular”, 27% o classificam como “ótimo” ou “bom” e 1% não respondeu. No total, 63% dos brasileiros reprovam o governo Bolsonaro e 32% o aprovam. Outros 5% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi encomendada pela XP Investimentos a um custo de R$ 42.000,00.

Letícia Fortes

Estudante de Jornalismo na PUCPR e estagiária do Regra. Escrevo para evidenciar e esclarecer assuntos que exigem nossa atenção, pois essa é minha forma de defender uma comunicação humanizada, acessível e engajada socialmente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: