fbpx

Quais outros conhecimentos você ganha ao investir?

Quais outros conhecimentos você ganha ao investir?
(Foto: Pixabay)

Olá querido leitor/querida leitora! O investidor que já possui uma carteira diversificada sabe: diligência e conhecimento nunca são demais. Na coluna de hoje, vamos falar sobre quais campos do saber você acaba se aprofundando ao longo da sua jornada investidora. Todas as minhas colunas anteriores podem ser acessadas nesse link aqui.

Ainda que economia não seja considerada uma ciência exata, e sim uma ciência humana, não é possível falar desse assunto sem cair em números e grandezas mensuráveis matematicamente: taxas de juros, crescimento de PIB, margem de lucro, dívida líquida… Todos eles, dentre vários outros exemplos, são medidos algebricamente. Há de se convencer que ao estudar investimentos – e economia por tabela – existe uma beleza em se unir uma ciência humana à matemática.

Leia também: Por que o PIB ignora as mulheres?

Entretanto, isso é só o começo. Em várias colunas anteriores, discorremos sobre como o conflito bélico russo-ucraniano tem afetado os mercados e o dia a dia de vários outros habitantes de nosso planeta. Geografia, geopolítica e história mundial são fundamentais para se entender melhor os porquês do pior conflito armado do atual século, e como suas consequências afetam os demais mercados.

Confira também: Guerra? Que guerra? O Ibov em franca alta em 2022

Para os investidores com maior apetite de risco, conhecer melhor os campos de atuação das empresas investidas abrem um universo próprio dentro de cada ativo. Peguemos dois casos emblemáticos: a multinacional Weg (WEGE3) e a incorporadora EZTec (EZTC3). No primeiro, o investidor pode se aprofundar em engenharia elétrica e industrial, já que a Weg é uma das líderes mundiais na fabricação de motores elétricos, transformadores, inversores e até mesmo geradores eólicos – é um dos cases prediletos da minha carteira, já que sou formado nessa área. No segundo, a incorporadora EZTec é uma das referências dentro do respectivo setor, sendo um prato cheio para quem gostaria de conhecer melhor a engenharia civil e arquitetura, uso do espaço e zoneamento urbano, ou até mesmo o mercado de dívida corporativa e financiamento imobiliário.

Ter conhecimentos diferentes do seu dia a dia podem ser de grande utilidade no seu crescimento pessoal e na abertura de novos horizontes profissionais, além de abrir a possibilidade de ganhos financeiros no mercado de investimentos.  

Até a próxima semana!

Henrique Costa

Henrique Costa é engenheiro eletricista formado pela UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Atua no setor industrial e de energias renováveis há cerca de 10 anos. Entusiasta do mundo dos investimentos, aprendeu desde cedo que poupar e investir é um dos melhores caminhos para se atingir os objetivos da vida. No Regra dos Terços é autor da coluna “Pra que investir?”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: