fbpx

Quantos burnouts cada um é capaz de suportar?

Quantos burnouts cada um é capaz de suportar?
Foto: Canva

Quantos burnouts cada um é capaz de suportar ao longo da vida? Só em 2021 eu me senti completamente esgotada – física e mentalmente – pelo menos cinco vezes. Em pelo menos uma delas, a pista de que eu estava cansada veio através de uma crise de ansiedade. 

A gente trabalha 24 horas por dia, quer abraçar o mundo, colocar em pé todos os projetos e, óbvio, chega uma hora que o corpo pede socorro. Hoje eu almocei uma fatia de pizza de ontem e uma barra de chocolate – sem sair da frente do computador, obviamente. Trabalhei desde às 9 da manhã e agora já são 8 da noite e eu ainda não fechei a lojinha. 

E por incrível que pareça, a sensação é de frustração por não ter conseguido concluir todas as tarefas, apesar da exaustão. Eu gostaria muito de entender se é só masoquismo, ansiedade, perfeccionismo que me impede de delegar algumas tarefas, acúmulo de função ou só burrice mesmo. 

Para cada coisa que eu risco da minha lista de tarefas, aparecem mais duas demandas novas. Por quanto tempo a gente consegue levar esse ritmo sem enfartar? 

Se alguém tiver a resposta, favor enviar pra mim por email. Porque o WhatsApp eu não dou conta de ver. E a caixinha do correio eu não abro tem uns três meses. E ligação, sem chance de atender até pelo menos quinta-feira. 

Assine a newsletter do Sonhos do Avesso e tenha acesso a um conteúdo exclusivo todas as quartas-feiras! É só se inscrever neste link! É de graça!

Kelli Kadanus

Kelli Kadanus, jornalista, cronista, tia coruja. Escrevo para tentar me entender e entender o mundo. É assim desde que aprendi a juntar sílabas. Sonho em mudar o mundo e as palavras são minha única arma disponível.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: