fbpx

Filhos de Giovanna Ewbank sofrem racismo e apresentadora se enfurece: “Racista nojenta”

Filhos de Giovanna Ewbank sofrem racismo e apresentadora se enfurece: “Racista nojenta”
Foto: Reprodução

No último sábado (30) um caso de racismo repercutiu na internet. Um vídeo da apresentadora Giovanna Ewbank discutindo com uma mulher em um restaurante na Costa da Caparica, em Portugal, defendendo os filhos de racismo gerou comoção nas redes sociais.

A mulher teria xingado Bless de 7 anos e Titi de 9 anos, filhos da apresentadora com o ator Bruno Gagliasso, além de cerca de 15 pessoas de uma família de turistas angolanos que estavam no local. Testemunhas afirmaram que a agressora teria dito para “tirar aqueles pretos imundos dali”, se referindo às crianças. 

Nos vídeos divulgados na internet é possível ver Giovanna revoltada, reagindo aos ataques e discutindo com a mulher. “Racista nojenta! Filha de uma p**, isso que você é. Horrorosa, feia! Olha a sua cara! Eu tenho pena de você. Você merece um soco, você merece uma porrada na sua cara”, diz a apresentadora. Gagliasso aparece ao lado da esposa, chamando a polícia.

Vídeo: Reprodução

Outro vídeo mostra a criminosa sendo levada pelas autoridades policiais do local, após cometer os ataques racistas. Ela foi encaminhada a delegacia e liberada em seguida. De acordo com informações do jornal português Público não seria a primeira vez que a suspeita se envolve em um caso de racismo.  

Em entrevista exclusiva ao Fantástico a apresentadora desabafou sobre a situação. “Acho que ela nunca esperava que uma mulher branca fosse combatê-la como eu fui, daquela maneira. Eu sei que eu, como mulher branca, indo lá confrontá-la, a minha fala vai ser validada. Eu não vou sair com a louca, a raivosa, como acontece com tantas outras mães pretas, que são leoas todos os dias, assim como eu fui nesse episódio.”

Giovanna também lamentou que os filhos passem por episódios assim sendo tão novos. “É muito cruel pensar que Titi e Bless, que têm 9 e 7 anos, já têm que ser fortes. Que eles já precisam ser preparados para combater o racismo, sendo que com 9 e 7 anos são duas crianças que teriam que estar vivendo sem pensar em absolutamente nada”, disse ela ao Fantástico.

Durante a entrevista a apresentadora foi questionada se teria batido na criminosa, Gagliasso admitiu a ação, mas saiu em defesa da mulher e explicou que “na verdade ela não agrediu, a minha mulher reagiu. Não confunda, não confunda a reação do oprimido com a ação do opressor”.

A assessoria do casal informou que eles vão prestar queixa por racismo, formalmente na delegacia portuguesa.

Rafaela Moreira

Jornalista, repórter do Regra dos Terços e diretora de programas de televisão na TV Band e na Rede Super.

Deixe uma resposta

La Brea da vida real Macabras pedras da fome surgem na Europa 3 músicos independentes que você precisa conhecer O que você não sabe sobre povos indígenas ​9 curiosidades sobre seu gato
%d blogueiros gostam disto: