fbpx

RELACIONAMENTOS TÓXICOS: UM PAPO DO AVESSO COM DÉBORA ANDRADE

RELACIONAMENTOS TÓXICOS: UM PAPO DO AVESSO COM DÉBORA ANDRADE

Todo mundo tem uma experiência de um relacionamento tóxico. Seja um parceiro amoroso, um amigo, um familiar, ninguém escapa disso na vida. No episódio desta semana do Papo do Avesso, Kelli Kadanus e Eline Carrano recebem Débora Andrade para falar sobre o livro dela, “Amor é sobre muitos tipos de coragem”. As três conversam de forma descontraída sobre relacionamentos, religião, literatura e muito mais.

Débora Andrade é poeta, recifense, graduada em Direito e graduanda em Jornalismo. Em 2009, iniciou um blog no qual publicava alguns de seus textos, mas a memória a leva à mais tenra infância se lhe perguntam quando começou a escrever. Seus textos hoje são publicados no Instagram @palavrasetcetal.

Débora acredita que a arte é um respiro; é o lugar onde pode-se, plenamente, ser; ser o que quiser; é o que nos possibilita enxergar além do óbvio, ressignificar vivências; o que nos leva ao melhor de nós mesmos e nos ensina a lidar com o pior. A arte, segundo ela, é o que, desde sempre, tem lhe salvado.

Débora também é idealizadora e narradora do podcast Palavras Etc e Tal, em que ela narra textos seus e de outros autores.

Compre o livro da Débora: clique aqui.

Pega um café e vem bater esse papo com a gente:

Assine a newsletter do Sonhos do Avesso e tenha acesso a um conteúdo exclusivo todas as quartas-feiras! Assinante da newsletter ouve o Papo do Avesso antes de todo mundo. É só se inscrever neste link! É de graça!

Papo do Avesso é o podcast oficial da página Sonhos do Avesso, que nasceu de dois corações e um amor em comum: escrever. Dois corações jornalistas, nascidos em 91 e que só queriam um espaço para poder se abrir. Essa iniciativa é uma vontade que, inicialmente, parece simples. Mas só quem escreve sabe como isso pode ser essencial na vida.

Então, o Sonhos do Avesso nasceu, deu alguns frutos, mas precisou ficar ali, paradinho por um tempo. Porque como a vida é ciclo, e às vezes nos pede outras prioridades, há sonhos que precisam esperar. Há avessos que ficam para depois.

E ele esperou.

Só que aí, esses dois corações conversaram e chegaram à conclusão em comum de que era hora de voltar. E o Sonhos do Avesso voltou. Bem diferente, ele cresceu.

Agora ele fala de outras coisas, ele indaga a vida de outra forma, olha diferente para o passado, fala de futuros possíveis. Ele vai falar a sua língua e, talvez, seja você quem fale com ele. Ele pode falar outras línguas, mas você é bem-vindo para desfrutar do nosso espaço.

Tudo vai depender da estação, do clima, dos corações que estão escrevendo. E esses corações costumam ter vontades em comum e outras vezes totalmente contrárias. Tem dias que é só sonho, tem dias que é só avesso, tem dias que é os dois. Senta com a gente, toma um café. Vai que você conta para nós o seu sonho? Vai que você descobre que o avesso era seu lado certo? A gente vai adorar te receber na nossa casa.

Perdeu o episódio anterior? Ouça aqui:

Regra dos Terços

Veja a vida de outro ângulo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: