fbpx

Alerta em Minas Gerais: Saiba o que é uma barragem de rejeitos

Alerta em Minas Gerais: Saiba o que é uma barragem de rejeitos
Barragem em Pará de Minas (MG). Foto: Reprodução

Nas últimas semanas, o grande volume de chuvas em Minas Gerais tem levado preocupação à população mineira sobre a possibilidade do rompimento de barragens de rejeitos no Estado. Até o momento, seis barragens estão sendo monitoradas pelas autoridades. Na noite deste domingo (9), circulou nas redes sociais um vídeo onde um profissional da segurança pública alertava os moradores sobre os riscos do rompimento da barragem da Usina Carioca.

Barragens são estruturas projetadas para servirem como reservatório para a contenção de substâncias líquidas, como água ou de misturas de líquidos com materiais sólidos provenientes dos processos de mineração, como os descartados na Barragem de Brumadinho (MG), que rompeu em 2019, deixando centenas de mortos, feridos e milhares de desabrigados.   

De acordo com um artigo do biólogo, mestre e doutor em Conservação e Manejo da Vida Silvestre e professor da Universidade Federal do ABC, Márcio de Souza Werneck, barragens são estruturas de terra construídas para armazenar resíduos restantes de processos de mineração.   

“O rejeito é um material que não possui maior valor econômico, mas para salvaguardas ambientais deve ser devidamente armazenado. O rejeito tem alta umidade e característica de lama, mas não é uma lama. Lama, como a que ocorre no mangue, possui vida associada, uma lama de rejeito não. 

A barragem funciona como uma barreira, onde são depositados os rejeitos. À medida que o rejeito é depositado, a parte sólida se acomoda no fundo da barragem. A água decantada na parte superior é então drenada e tratada, com parte sendo reutilizada no processo de mineração e o restante devolvido ao meio ambiente. Com o passar do tempo, a barragem vai “secando”, até que deixa de receber rejeitos e fica inativa”. (O que é e para que serve uma barragem de rejeitos? (V.2, N.2, P.1, 2019))

Segundo Márcio Souza Werneck, o rompimento de uma barragem pode acontecer por diversos motivos, dentre eles problemas na estrutura e o aumento do nível de água. “Em geral, estas falhas de barragens são o resultado tanto de problemas geotécnicos da estrutura de contenção e como da gestão dos rejeitos armazenados. Dentre as várias causas, devemos destacar a falha no controle do balanço hídrico, pois há uma elevação do nível freático a medida que há um soerguimento da barragem, e a ausência de monitoramento e consistência da construção em decorrência da natureza dos rejeitos utilizados na construção da barragem”, escreveu no artigo.

Regra dos Terços

Veja a vida de outro ângulo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: