Tuyo canta “Pra Curar” a alma

Quem conhece a trajetória dos integrantes do trio Tuyo certamente não se surpreendeu com a qualidade do novo disco, “Pra Curar”. Os integrantes do trio já tocavam juntos muito antes de assim se chamarem, ainda quando a banda Simonami tocava nos teatros e bares de Curitiba e a qualidade que emanavam já tocava a alma de quem os apreciava.

A banda tinha um público fiel, que os seguia onde quer que estivessem. Dentre os integrantes estavam a Lilian Soares, Layane Soares e Jean Machado, ambos agora compõe o Tuyo.

O trio marcou o país antes mesmo de ser oficialmente conhecido como trio, e conquistou o apreço que era regional em escala nacional, tanto pela melancolia das letras e notas entoadas com muito sentimento, quanto pelas incríveis vozes de Lilian e Layane Soares que participaram do The Voice Brasil em 2016.

Esse é o primeiro disco completo do grupo, que lançou um EP no ano passado, segundo Lio “o EP nasceu com uma promessa de continuidade. Sinto que estamos completando esse movimento, aterrando e fechando um ciclo para ter a chance de abrir outro”.

E se você se pergunta do que fala essa nova obra, a própria Lio conta que “é um disco de proteção, sobre autoconhecimento e consciência, do nosso jeito mais honesto de fazer música”. E é com esse espírito que Tuyo nos embala nos mais de 37 minutos de obra.

“Exploramos lugares diferentes, tem uma pesquisa de timbres, sensações e ambientes que queremos mostrar. O disco marca um momento, mas é uma ‘roupa’ e não algo determinante”, comenta Machado.

“Consigo enxergar nós três separados e, ao mesmo tempo, a triunidade que perpassa a gente. Estamos falando sobre coisas semelhantes, de perspectivas distintas. É um trabalho poderoso, que tem certa agressividade e atravessa, mas com muita ternura”, analisa Lay.

Com produção musical assinada por Gianlucca Azevedo (Jan) e Pedro Soares (Jack), o álbum tem referências que passam pelo folk e vão desde o lo-fi hip hop até o synth pop. Incorporando guitarra e outros elementos, o trabalho mantém a essência da Tuyo enquanto aponta para novas estéticas.

Para os próximos shows, a Tuyo propõe um repertório híbrido de transição, dialogando com o “Pra Doer” e o “Pra Curar” em apresentações conhecidas por despertar a vulnerabilidade sem perder de vista a leveza. No próximo ano, o trio também prevê a concepção de um álbum inédito, resultado da recente aprovação no edital Natura Musical. O trio representa um dos 50 projetos selecionados para integrar o programa em 2019, dentre 2.617 inscrições de todo o país, considerando artistas, bandas e coletivos. Continue reading “Tuyo canta “Pra Curar” a alma”

14 de dezembro no embalo da Bellize

13267869_514084648783360_1159103727312484006_nNada mais apropriado do que escolher a música 14 de dezembro para o dia de hoje. Existem alguns motivos para isso, e eles não terminam na data com o nome da música não. Estamos há exatos dezessete dias para o final de mais um ano, e quem nunca quis beijar a pessoa amada no reveillon que atire a primeira pedra.

Um abraço que eu nunca esqueci, sorriso que me fez sorrir
Um jeito doce de me olhar que facilmente faz parar
Fica difícil esconder o quanto eu quero ter você
– Bellize

E é exatamente sobre um possível retorno que essa música trata. Enquanto algumas pessoas escolhem mergulhar nas festanças que dezembro proporciona, os românticos de plantão só querem ver aquele olhar de novo. Quem já se apaixonou sabe bem como é, lembra-se de tudo: da cor da roupa, do lado da rua, até mesmo da intensidade do sorriso.

Aproveite o embalo dessa canção e busque dentro de você a coragem para fazer aquela ligação. Ou, se as palavras lhe faltar, apenas envie essa matéria para ela(e), que para um bom entendedor, meio resenha basta.

A banda nasceu em 2008, no estado de São Paulo. Mas logo chegou no Paraná e ficou. A banda é composta por  Pedro Péps (voz, violão e guitarra), Ed Marques (guitarra e voz), Gu Rodrigues (baixo e voz) e Alexandre Bastos (bateria). Os caras vão nos embalos do Pop Rock, com influências de Legião Urbana, Engenheiros dos Hawaii, Jota Quest e Los Hermanos. As composições falam de assuntos cotidianos, relacionamentos e acontecimentos vividos pelos integrantes.

Atualmente, a banda está em turnê para divulgação do novo EP: “Fiquei Surdo Pra Você”. Lançado em outubro de 2014, esse trabalho concretiza a nova fase da Bellize.


O Regra dos Terços segue no compromisso de divulgar o melhor da arte independente. Quer ver sua banda predileta por aqui? Envie o material para regradostercos@gmail.com.