45 ANOS DE CHORO E SERESTA EM CURITIBA

A música curitibana está em festa: o Conjunto Choro e Seresta, que alegra as manhãs de domingo na feirinha do lado da ordem, comemora seu aniversário no próximo domingo dia 02/12, em uma Roda de Choro com a presença de diversos músicos locais. O grupo é considerado um cartão postal da capital paranaense. Em 1973, depois de assistir uma apresentação do Conjunto Choro e Seresta no Teatro Paiol, o prefeito de Curitiba Jaime Lerner convidou o grupo a se apresentar na “feirinha hippie”, na região histórica da cidade. Dede então, há 45 anos ininterruptos o grupo se apresenta na praça Garibaldi, ao lado do relógio das flores, no tradicional “chorinho da feira do largo da ordem”, evento que se tornou o ponto de encontro dos músicos e amantes do Choro na cidade.

Continuar lendo “45 ANOS DE CHORO E SERESTA EM CURITIBA”

Hoje às 18h tem show grátis no Paço da Liberdade

Que tal ir a um showzinho grátis nessa quinta-feira fria de Curitiba? Os músicos Gabriel Schwartz e Vinícius Chamorro te convidam para dar uma passada lá no Café do Sesc Paço da Liberdade, daqui à pouco, às 18h, para curtir um chorinho bom.  Nascido em Curitiba, Gabriel Schwartz é músico, instrumentista, cantor, compositor e arranjador. Graduado emflauta transversal pela EMBAP, estudou também no Conservatório de MPB … Continuar lendo Hoje às 18h tem show grátis no Paço da Liberdade

Conte para os meus a dor que o tempo cobra

Hoje eu acordei com uma dor no peito. Sabe aquela vontade de chorar até não sobrar mais lágrimas em si? Pois é, e o motivo exato eu ainda não descobri. Pode ser o frio que torna o levantar da cama ainda mais difícil. Aliás, pensando bem deve ser o sono, pois como é ruim acordar sendo que você nem queria existir. Penso que ainda pode … Continuar lendo Conte para os meus a dor que o tempo cobra

A geração coca-cola, hoje toma Rivotril

Começou cedo, eu estava longe de casa, abri os olhos e me senti sufocada sem nem mesmo estar totalmente acordada. Coloquei a culpa na cama do alojamento onde eu estava à trabalho, já que nada dali tinha o meu cheiro ou o cheiro de algo que eu conhecesse. Odiei a ideia de aceitar dormir naquele lugar frio, sozinho e silencioso. Quando sinto que as minhas ansiedades estão … Continuar lendo A geração coca-cola, hoje toma Rivotril