Mensagens perdidas

Tenho pensado muito nesses últimos dias. Tenho lembrado de muita coisa. Coisas que aconteceram há dias, meses, quiçá anos. Acredito que esse seja o meu maior defeito: lembrar. O meu cérebro não consegue diferenciar as memórias boas das nem tão boas assim. Não são ruins, não, longe disso. Até porque se fossem, eu nem faria “questão” de lembrá-las. Elas só não são tão boas, a … Continuar lendo Mensagens perdidas

A síndrome da página em branco

Eu não sei se algum de vocês já passou pelo tenebroso TCC da universidade, mas é a segunda vez que enfrento isso – agora para a conclusão da minha pós-graduação. Não vou dizer que é algo simples, porque não é. TCC requer pesquisa, leitura e muita, mas muita força de vontade. Mesmo. E, como acabei subestimando esse último item (Cezar, se você estiver lendo este … Continuar lendo A síndrome da página em branco